Mattos diz que Cuca terá salário 'dentro da realidade' do Palmeiras

Alexandre Mattos evitou dar detalhes sobre o acordo com Cuca, mas disse que o novo contratado terá um salário "dentro da realidade" do Palmeiras. Na China, o treinador recebia mais de R$ 1 milhão e no Verdão deve ter salário semelhante ao de Marcelo Oliveira, que recebia cerca de R$ 400 mil.

- A gente tem que dizer que a ideia é essa, uma cobrança dos profissionais de ter sequência, um trabalho de médio a longo prazo. Mas quando você enxerga que as coisas não vão andar, tem que mudar. O Cuca é ganhador, vamos citar cinco, seis equipes de ótimos trabalhos. Ele vem muito motivado, absolutamente dentro da realidade do Palmeiras, demonstra a motivação dele. Mas deixa ele assinar o contrato - analisou o dirigente.

Além de Cuca, chegam para a comissão técnica: seu auxiliar e irmão, Cuquinha, o analista de desempenho Eudes Pedro, além do preparador físico Omar Feitosa. Gerente do Verdão entre 2013 e 2014, o reforço foi um pedido do novo treinador.

- Sim, o Omar foi um pedido do Cuca, sabemos da qualidade dele como preparador físico e exclusivamente como preparador físico para trabalhar com o Cuca - completou o dirigente, que não ouviu pedidos do técnico por reforços.

- Absolutamente não (pediu). O Palmeiras tem um bom elenco, nenhuma mega estrela, alguns jogadores ainda estão em evolução. Neste conjunto que podem aparecer grandes jogadores. O Palmeiras nunca disse que tem elenco imbatível. Sabemos das nossas limitações e que não devemos nada a ninguém, ele ainda vai avaliar, mas temos boas peças - encerrou.

Cuca chega a São Paulo (SP) nesta segunda-feira e assinará contrato no mesmo dia. A expectativa é de que o técnico trabalhe na Academia de Futebol e no fim do dia seja apresentado pelo clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos