Clube mineiro acusa 'manipulação' e cogita abandonar o Estadual

A arbitragem tornou-se motivo de polêmica no Campeonato Mineiro. Na noite de domingo, o Tricordiano emitiu uma nota na qual ameaçou abandonar a competição em virtude de "indícios que demonstram manipulação nos resultados".

Atualmente na antepenúltima colocação, o clube de Três Corações questionou no comunicado divulgado nas redes sociais a postura da arbitragem na partida em que perdeu por 1 a 0 para a URT. O Tricordiano está com seis pontos, escapando do rebaixamento apenas no saldo de gols.

Divulgação
Tricordiano comunica intenção de abandonar o Campeonato Mineiro
"Devido a indícios que demonstram manipulação nos resultados dos jogos do Campeonato Mineiro, módulo I e reforçados no jogo contra a URT em Patos de Minas, o Clube Atlético Tricordiano informa a intenção de cancelar sua participação no campeonato", disse a equipe em seu comunicado.

A irritação com a arbitragem não foi exclusiva no Tricordiano. Após o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, o presidente do América-MG, Euler Araújo prometeu enviar reclamação à FMF, pelo pênalti polêmico marcado sobre Patric.

"Antes do jogo, vínhamos avaliando este árbitro, e ele gosta de ser maior que o espetáculo. Esses árbitros são muito perigosos. Quando você vê um lance como aquele, quando o jogador do Atlético dobra a perna, e isso foi claro, da arquibancada eu vi. Depois, na TV, ficou mais claro ainda", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos