Tite elogia reservas, mas não define Corinthians para encarar o Cerro

A boa atuação do Corinthians diante do Botafogo-SP na vitória por 3 a 0, em Ribeirão Preto, agradou o técnico Tite, mas nem por isso fez o comandante alvinegro já tomar decisões em relação ao próximo jogo, contra o Cerro Porteño (PAR), pela Libertadores.

Para este confronto, na Arena, Tite não poderá contar com Rodriguinho e André, que foram expulsos no último jogo. Embora tenha feito elogios a alguns atletas, como o jovem volante Maycon, de 18 anos, que fez um dos gols, o treinador preferiu não definir a escalação para a próxima quarta-feira.

"Quero pensar, refletir com minha comissão técnica. Quero curtir a vitória e desempenho também. Temos que ser reconhecidos como a melhor equipe do campeonato", declarou, em entrevista coletiva.

Questionado sobre ter escalado apenas quatro titulares diante do Botafogo-SP, Tite se justificou:

"Foi uma opção. Nós temos que dar sequência de jogos agora, abriu-se a oportunidade para outros atletas para eles se escalarem para quarta-feira ou eles ficarem no banco e, se tiver necessidade dentro do jogo, de utilizá-los. A preferência foi para aqueles que estavam em condições para esse jogo e para quarta-feira", comentou.

Foram poupados diante do Botinha o goleiro Cássio, o lateral Fagner, o zagueiro Yago, o volante Bruno Henrique, o meia Rodriguinho e os atacantes Lucca e André. Juntamente com o elenco alvinegro, eles voltam aos treinos na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava.

Porém, já no domingo a partida contra o Cerro já estava na cabeça dos atletas. Mesmo suspenso, Rodriguinho previu a Arena Corinthians lotada para apoiar o time:

"Sem desmerecer a equipe do Cerro Porteño, mas a gente jogou melhor. Agora é erguer a cabeça que quarta-feira é caldeirão!"

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos