No mercado: Renê Júnior rescinde com equipe treinada por Felipão

  • Samir Carvalho/UOL

    Renê Jr está livre para contratação

    Renê Jr está livre para contratação

A história de sucesso de Renê Júnior com o Guangzhou Evergrande chegou ao fim. O volante, que se sagrou bicampeão chinês e ajudou a elevar o clube a uma das maiores potências do futebol asiático, acertou a rescisão do contrato nesta terça-feira. Guilherme Miranda, empresário do jogador, costurou o acerto e, agora, sentará para conversar com clubes do Brasil e do Japão interessados no jogador.

 

- O Guangzhou apostou no meu futebol no final de 2013. Pela primeira vez, saía para defender um clube de fora do Brasil. Tive a felicidade de conquistar o Campeonato Chinês por dois anos consecutivos (2014 e 2015) e de participar de um dos principais momentos de sua história - comentou Renê.

 

Logo na sua primeira temporada na China, em 2014, o atleta de 26 anos foi eleito o melhor volante da principal liga do país, na qual também foi vice-artilheiro da equipe, com nove gols, atrás apenas do atacante e também brasileiro Elkeson. Seu último clube no Brasil foi o Santos. 

Agora, o Guangzhou Evergrande conta com três jogadores tupiniquins no elenco: o volante Paulinho, o meia Ricardo Goulart e o atacante Alan. A equipe é comandada pelo técnico Luis Felipe Scolari.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos