Dirigente afirma que Flamengo busca soluções para reduzir desgaste

O desgaste sofrido pelo elenco do Flamengo nestes três primeiros meses do ano tem sido debatido internamente no clube. Os dirigentes estão em conversa com a comissão técnica, comandada por Muricy Ramalho, em busca de um meio-termo para equilibrar a questão financeira e a parte técnica. Na sexta-feira, o treinador rubro-negro reclamou do calendário apertado, citando os muitos jogos e as viagens em sequência, num ano em que o clube tem de se virar para arranjar uma 'casa', já que o Maracanã está indisponível. 

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flávio Godinho, disse, por mensagem, ao LANCE!, que a diretoria segue em busca de soluções para reduzir o problema do desgaste físico dos jogadores nesta temporada.

- Seguimos em busca de soluções para "minorar o sofrimento", sempre em conjunto com a comissão técnica - comentou o dirigente.

Godinho garantiu que há sintonia com a comissão técnica de Muricy Ramalho e lembrou que das dificuldades sem o Maracanã.

- Estamos em total sintonia. São três competições simultâneas, com o time principal, somado a viagens, não é fácil de administrar. O problema é que o estádio mais próximo (com boa infraestrutura) fica a cerca de duas horas de carro do centro do Rio (Volta Redonda). Mesmo os voos fretados não eliminam o estresse dos aeroportos e o "sobe e desce" dos aviões - analisou o dirigente rubro-negro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos