Alisson quer jogar Copa América e Olimpíada, mas espera aval de Dunga

Atual goleiro titular da Seleção Brasileira, Alisson quer fazer o máximo para estar entre os convocados para os dois torneios envolvendo o Brasil na temporada, além das Eliminatórias: a Copa América e os Jogos Olímpicos.

Alisson "bateu na trave" em relação à idade olímpica - ele é um ano mais velho. Mas crê que terá condições, especialmente físicas, de disputar as duas competições em junho e agosto.

- Procuro pensar no próximo desafio, nos próximos jogos. Tem muita coisa para acontecer até a Copa América e a Olimpíada. Vou dar o meu melhor para estar presente nas duas. Goleiro se desgasta mais no treino do que no jogo. No jogo, é mais emocional. Uma tensão maior. Mas eu vou dar o meu melhor para estar presente na Copa América nas Olimpíada - afirmou o goleiro da Seleção.

Titular nos últimos três jogos pelas Eliminatórias - Venezuela, Argentina e Peru -, Alisson já se vê com experiência suficiente para ser o dono da posição.

- Acho que a experiência se adquire jogando. Até um ano atrás, eu não era experiente. Hoje, já sou considerado. Me sinto pronto para jogar tanto na principal quanto na olímpica. É um título inédito, mas só ele sabe se vai me chamar ou não. Dunga que vai escolher, ele não conversou sobre isso comigo - completou o goleiro, já prevendo o confronto de sexta-feira contra os uruguaios:

- Para um goleiro é sempre importante ter um grande desafio pela frente. Quando tem um jogo mais tranquilo, ficamos torcendo para que o adversário capriche pra gente mostrar o nosso trabalho. Vai ser um desafio para mim e fico feliz por isso.

Alisson e os outros 22 jogadores convocados por Dunga treinam na tarde desta terça-feira, na Granja Comary, em Teresópolis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos