Corinthians aproveita expulsão do Bernô e vence em jogo com apagão

No estádio que abrigou persas manifestações sindicais e terra natal do ex-presidente Lula... Não. Em tempos em que a política paralisa e pide o país, e a operação Lava Jato mira até mesmo a Arena Corinthians, é melhor não misturar as bolas. Longe de qualquer tipo de crise em campo, a equipe de Tite venceu o São Bernardo na noite desta quarta-feira, por 3 a 0, no Estádio 1º de Maio, com gols de Rodriguinho, duas vezes, e Lucca.

Só mesmo um golpe para tirar o Timão da liderança do grupo D. O Alvinegro garantirá vaga antecipada nas quartas de final do Estadual caso o Água Santa não vença o Novorizontino nesta quinta. Já o Bernô passa agora a pensar mais em fugir do rebaixamento do que se classificar na chave B, a mesma do Palmeiras.

O vermelho, que nas ruas gera até violência por parte dos intolerantes, decidiu a partida. Desta vez, o homem de vermelho e o cartão da mesma cor em seu bolso. O atacante Tata, do São Bernardo, levou o primeiro amarelo do árbitro Vinicius Gonçalves Araújo no início do jogo, por reclamação, e o segundo aos 39 do primeiro tempo, após falta no campo de ataque.

Antes agrupado e perigoso nos contra-golpes, o São Bernardo voltou para a etapa final todo atrás da linha da bola. O Corinthians, que vinha melhor, mas não estava em uma de suas melhores noites, não perdoou a desvantagem numérica do time do ABC e conduziu o adversário quase que coercitivamente para perto de sua área.

Se pela esquerda Lucca e Uendel criavam, mas erravam no último passe, Tite percebeu que a saída era pela direita. Inspiradíssimo novamente, Fagner deu passe Rodriguinho marcar o primeiro, iniciou a jogada em que o meia marcou o segundo dele e do Corinthians e deu passe para Lucca anotar o terceiro. O camisa 23 ainda cruzou para André mandar para as redes, mas o centroavante estava em posição de impeach... impedimento.

Quando o duelo ainda estava 2 a 0, parte dos refletores do estádio da Vila Euclides se apagaram, e a política voltou à tona. A organizada corintiana Gaviões da Fiel aproveitou a pausa no jogo para protestar (como já havia feito em outros jogos) e cantou contra o preço dos ingressos, a Federação Paulista de Futebol e a Rede Globo, cobrando também investigações sobre o desvio da verba destinada a merendas no governo Geraldo Alckimin, em São Paulo.

Após alguns minutos de pausa, a energia foi retomada e o Corinthians confirmou a vitória. Legítima.

FICHA TÉCNICA

SÃO BERNARDO 0 X 3 CORINTHIANS

Data-Hora: 23/3/2016 - 21h00 (horário de Brasília)

Local: estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo (SP)

Árbitro: Vinícius Golçalves Dias Araújo

Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa

Público-Renda: 7.623 pagantes / R$ 283.952,19

Cartões amarelos: Tatá e Cañete (SBE), Felipe (COR)

Cartões vermelhos: Tatá (SBE)

Gols: Rodriguinho 3' 2ºT (0-1), Rodriguinho 9' 2ºT (0-2), Lucca 30' 2º T (0-3)

SÃO BERNARDO: Daniel, Eduardo (Carlinhos 33' 2ºT), Diego Ivo, Luciano Castán e Magal; Daniel Pereira, Marino, Jean Carlos (Walterson - intervalo), Cañete; Tatá e Henan (Maikon 33' 2ºT). Técnico: Sérgio Soares

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto (Danilo 35' 2ºT), Rodriguinho (Maycon 12' 2ºT), Guilherme e André; Lucca (Ángel Romero 34' 2ºT). Técnico: Tite

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos