Wada irá investigar denúncias de doping sistemático na natação russa

Em vista da reportagem desta quarta-feira veiculada pelo diário britânico "The Times", que denunciou um esquema de doping sistemático na natação da Rússia, semelhante ao que aconteceu no atletismo do país, a Agência Mundial Antidoping (Wada) afirmou que irá investigar as acusações.

Em uma nota oficial pulgada em seu site, a entidade disse estar atenta e preocupada com as denúncias do jornal, e confirmou que irá analisar as informações utilizadas pelo veículo para definir qual tipo de investigação será aberta.

Uma das principais preocupações da Wada, segundo o comunicado, é com a alegação de que Sergei Portugalov, banido no esquema de doping do atletismo, estaria envolvido com a prática na natação. De acordo com a entidade, o banimento não vale apenas para uma modalidade, mas sim para todas.

- Não há dúvidas que as alegações perturbadoras desta quarta-feira sobre um caso de doping sistemático na natação russa deve ser analisado. Wada e seus parceiros não possuem nenhuma ilusão quanto aos desafios que dizem respeito à integridade esportiva hoje. Atletas limpos estão justificadamente preocupados que seus direitos estão sendo diminuídos pela minoria que escolheu se dopar no esporte - disse o presidente da Wada, Sir Craig Reedie.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos