Diego Hypolito leva ouro em etapa da Copa do Mundo de ginástica artística

O Brasil conquistou nesta sexta-feira duas medalhas na etapa de Doha da Copa do Mundo de ginástica artística. A mais importante delas foi o ouro de Diego Hypolito no solo. Na competição feminina, Rebeca Andrade levou a prata nas barras assimétricas. 

Diego foi campeão com 15.175 pontos. A prata ficou com o esloveno Rok Klavora (15.000 pontos) e o bronze foi para o britânico Sam Oldham (14.925). Neste sábado, o paulista de 29 anos disputará outra final, na prova de salto. Ele ficou em terceiro lugar nas eliminatórias, disputadas na quinta-feira.

No feminino, Rebeca faturou o segundo lugar com 14.250 pontos. O ouro foi da sueca Jonna Adlerteg, com 14.925. A terceira colocação foi de Filipa Martins, de Portugal, com 13.625. A ginasta paulista de 16 anos voltou a competir no início deste ano após mais de seis meses parada. Em junho do ano passado, Rebeca rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, passou por cirurgia e encarou uma longa recuperação. 

Outro brasileiro que competiu nesta sexta-feira em Doha foi Henrique Flores, nas argolas. Ele, no entanto, ficou fora do pódio, com a sexta colocação, com 15.325 pontos. O título foi para o grego Eleftherios Petrounias, com 15.875 pontos.

Mais finais brasileiras neste sábado

Além de Diego Hypolito no salto, o Brasil terá outros dois atletas em finais na Copa do Mundo de Doha, no Qatar. Fellipe Arakawa competirá nas barras paralelas e na barra fixa, e Thauany Araújo disputará medalha na trave. As competições começarão às 10h30 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos