Inglaterra consegue virada espetacular sobre a Alemanha

Personalidade não falta à Inglaterra, dona do Estádio Olímpico de Berlim na segunda etapa do clássico contra a poderosa Alemanha. Perdendo por 2 a 0, os visitantes foram buscar a virada de 3 a 2, com direito a um gol de letra de Vardy, em um clássico espetacular e nada amistoso. O jogo serviu de preparação para a próxima Eurocopa, competição pela qual o English Team será, com muita justiça, alçado como um dos favoritos.

A Inglaterra aproveitou o amistoso para fazer mais testes do que o

adversário, que manteve um time mais calejado. No lado dos visitantes, o astro Rooney, lesionado, descansou. Foram a campo nomes ainda desconhecidos do grande público, como Rose, Clyne e o garoto Dele Alli, joia do Tottenham que não se intimidou com a camisa da seleção até perder a chance da virada, durante o segundo tempo.

 No primeiro tempo, a ordem era priorizar a tática. A metade inicial

do clássico foi difícil para as duas equipes. O jogo foi trancado, com um

"perde e ganha" a todo momento no meio de campo. As defesas se sobressaíram, exceto em dois lances da Alemanha. Aos 27 minutos, Mario Gómez recebeu em posição legal e acertou o canto do goleiro Butland, o juiz, contudo, anulou o gol dos donos da casa. Aos 43, Kroos foi levando a bola até soltar um chute com força de fora da área para abrir o placar.

Veio o segundo tempo, com alterações e a promessa de um duelo

mais aberto. Desta vez, Mario Gómez não teve um gol anulado. Khedira levantou na área, e o atacante do Besiktas testou para marcar.

O English Team também tinha um definidor em campo e respondeu quase no ato. O atacante Kane, tirando dois marcadores com um belo drible, bateu no canto de Neuer e fez a barulhenta torcida visitante ser escutada por todo Estádio Olímpico.

Para aumentar o poder de fogo do ataque, o técnico Roy Hodson colocou Vardy no lugar de Welbeck. E não é que o artilheiro do Leicester  deixou tudo igual, completando cruzamento de letra! Foi o primeiro gol  de um jogador do atual líder do Campeonato Inglês desde 1985, quando  Liniker brilhou com a camisa dos Súditos da Rainha.

O empate não fez a Inglaterra baixar a bola. A equipe forasteira seguiu martelando e dominando o território. No último lance do clássico,  Dier subiu mais alto do que a defesa adversário e decretou um triunfo espetacular do English Team.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos