Diego se garante: 'Ninguém vai sentir falta do Luis Ricardo'

O lateral-direito que começou o ano como titular volta a ter uma chance de começar jogando. É Diego, que havia voltado ao banco de reservas quando Luis Ricardo deixou o meio-campo e voltou para onde se sente melhor. Mas com a lesão na coxa direita do camisa 4, as portas se abriram novamente. Apesar de ter apenas 20 anos, personalidade não falta.

- Trabalha para ser o melhor, independentemente de quem estiver na frente. Infelizmente, o Luis se machucou. Mas a oportunidade surgiu, tenho que agarrá-la para fazer o melhor jogo possível. É o meu primeiro clássico como profissional e vou dar o meu máximo. Ninguém vai sentir falta do Luis - garante o lateral.

Enquanto reserva, Diego costuma acompanhar atentamente os jogos do banco de reserva. Assim fez no último duelo entre Vasco e Botafogo. Ele sabe o que lhe aguarda e acredita que, apesar de menos conhecido que Luis Ricardo, também é alvo de observação dos vascaínos.

- Passa muita coisa na cabeça, mas espero que também passe na cabeça deles. Não sou bobo. Acho que lá também estão comentando minhas características. No último jogo lá, contra eles, eu estava no banco. O Jorge Henrique acompanha bastante o lateral e explora as costas do lateral. Espero permitir menos isso - promete.

Diego faz parte do time profissional do Botafogo desde o ano passado e soma quatro assistências como profissional. A última para Fernandes, na partida contra o Boavista, pela primeira fase deste Carioca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos