EUA vencem Guatemala e evitam vexame de eliminação precoce na Concacaf

  • Jamie Sabau/Getty Images

    Estados Unidos corriam risco de ficar fora da Copa em caso de derrota

    Estados Unidos corriam risco de ficar fora da Copa em caso de derrota

Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 na Concacaf, alívio para os Estados Unidos. A seleção corria risco de eliminação ainda na fase de grupos caso fosse derrotada pela Guatemala, em Ohio. Porém, diferentemente do primeiro turno (derrota por 2 a 0), desta vez não teve zebra: goleada por 4 a 0.

Com gols de Dempsey, Cameron, Zusi e Altidore, o time americano foi a sete pontos, um a mais do que o rival, e pulou para o segundo lugar no Grupo C. A ponta é de Trinidad e Tobago (10 pontos, após 6 a 0 na eliminada São Vincente). Os dois primeiros avançam para o hexagonal final.

Um fato curioso ocorreu com o guatemalteco Carlos Ruiz. Maior jogador e artilheiro da seleção (60 gols), ele tinha uma pendência jurídica e estava proibido de deixar o país. Com ajuda governamental, o problema foi resolvido durante a tarde, e o jogador pegou voo fretado para Ohio, viajando ao lado do irmão do presidente do país. Chegou pouco antes do jogo, começou no banco e entrou no intervalo.

Já pelo Grupo A, jogaram México e Canadá. Guardado e Corona anotaram no triunfo por 2 a 0 da seleção mexicana, fora de casa. A equipe, com a vitória, avança ao hexagonal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos