Grécia pode sofrer punição e ficar fora de competições internacionais

  • Reprodução/Twitter

    Confusão no jogo entre PAOK e Olympiacos é um dos motivos da medida

    Confusão no jogo entre PAOK e Olympiacos é um dos motivos da medida

O futebol grego corre sério risco de ficar fora de torneios internacionais por algum tempo. Por causa do cancelamento da Copa da Grécia após os incidentes violentos do jogo entre PAOK e Olympiacos, a Fifa e a Uefa fizeram a ameaça a a Federação Grega de Futebol (IPO) tem até a próxima sexta-feira para resolver a situação.

Após o conflito entre torcidas, o governo e o ministro do Esporte, Stavros Kontonis, resolveram suspender o torneio, temendo por mais violência. A Fifa e a Uefa não concordaram com o argumento apresentado. Representantes dos dois órgãos estiveram em Atenas para falar sobre o assunto com dirigentes e políticos gregos.

- Discutimos a decisão do ministro de suspender a Copa da Grécia. Para nós, a decisão é inaceitável. Se há risco de violência, não vamos apontar apenas para este torneio. A Copa deve ser concluída - disse o cipriota Costakis Koutsokoumnis, representante da Fifa:

- Há saídas. O jogo poderia acontecer com portões fechados ou em campo neutro. Existe até a possibilidade de árbitros estrangeiros. Espero que o ministro mude de ideia, mas acho que não vai acontecer. O encontro foi produtivo, mas não chegamos a um acordo.

Os dirigentes não falaram ainda sobre as possíveis medidas que poderiam acontecer. Porém, a imprensa fala em um banimento por um tempo ainda indeterminado de clubes gregos das competições europeias. A própria seleção da Grécia também poderia ser punida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos