Para Gilmar Rinaldi, seleção entendeu o espírito das Eliminatórias

Após o empate do Brasil em 2 a 2 com o Paraguai nesta terça-feira, fora de casa, no Estádio Defensores del Chaco, Gilmar Rinaldi falou sobre resultado e evolução da equipe, mesmo após um péssimo primeiro tempo. Com o futebol apresentado na segunda etapa, Gilmar afirma que jogadores entenderam o verdadeiro espírito de uma Eliminatória.

- Eu acho que historicamente aqui é muito difícil. Última vez que jogamos aqui e vencemos acho que foi em 85, eu estava nessa seleção pelas eliminatórias, foi quando Zico marcou. Mas eu estou feliz não só pelo resultado, as mudanças que aconteceram, a coragem do Dunga de tentar em um momento muito difícil com as modificações e a ousadia que teve, principalmente o que eu falei no vestiário para os jogadores: "Bem vindos as Eliminatórias". É assim que se joga, temos muita qualidade, muita habilidade, mas em algum momento tem que ter esse espírito que tiveram hoje. Eles entenderam isso e usaram isso no segundo tempo para conseguirmos  o empate e quase a vitória.

Coordenador técnico da seleção também falou sobre o Brasil estar fora da fase de classificação para a Copa do Mundo da Rússia 2018, após seis rodadas disputadas pelas Eliminatórias.

- O grande segredo de uma eliminatória, é saber lidar com esses momentos. Nós sabemos lidar muito bem, esses momentos são decisivos, são neles que vemos os grandes jogadores. Estamos em sexto lugar mas à quatro pontos do líder, uma vitória no próximo jogo e vamos estar ali em segundo ou terceiro. Essa é a eliminatória, é assim que se joga e o grande segredo é saber controlar essa situação. Você tem que ser frio, mas não pode ser apático. Tem que se impor, como fizemos no segundo tempo e é por isso que estou feliz, não via a seleção fazendo isso nos últimos jogos e essa reação deles me agradou muito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos