Dono do maior aproveitamento da história do Morumbi diz: 'Lugar maravilhoso'

Os principais recordes conquistados no Morumbi costumam estar registrados nos nomes de Rogério Ceni, Serginho Chulapa e Luis Fabiano na história do São Paulo. Mas a marca de melhor aproveitamento da trajetória de 55 anos do estádio pertence a um personagem improvável: o volante Hudson é o recordista no quesito, com 86,4% dos pontos conquistados, e reencontrará a casa tricolor neste sábado, às 18h30, contra o Oeste - a partida é válida pela penúltima rodada do Campeonato Paulista. 

- O Morumbi é um lugar maravilhoso. E toda essa energia positiva nos motiva ainda mais dentro de campo. Em dias de jogos, sempre trago a minha família. Meus filhos e meus pais adoram o estádio e gostam de acompanhar as partidas do São Paulo. Não só eu, mas todo o grupo se sente bem aqui. Tivemos um retrospecto muito bom em 2015, vencemos 23 dos 33 jogos, e soubemos aproveitar os duelos em casa - destacou o marcador.

O levantamento feito pelo historiador do São Paulo, Michael Serra, leva em consideração apenas atletas que tenham disputado, ao menos, 30 partidas no Morumbi. O número representa a média de jogos que um atleta costuma fazer na casa tricolor e elimina, por exemplo, o garoto Boschilia, vendido ao Monaco (FRA) no ano passado e que nunca foi derrotado no Morumbi.

Hudson tem 32 jogos no estádio, com 26 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. O revés foi registrado em 15 de agosto do ano passado, quando os tricolores, então comandados por Juan Carlos Osorio foram goleados por 3 a 0 para o Goiás. Já a estreia foi em 24 de agosto de 2014, quando o volante substituiu Kaká na vitória por 2 a 1 sobre o Santos. O jogo favorito do camisa 25, porém, é contra o Emelec (EQU), um 4 a 2 na Copa Sul-Americana de 2014.

- Marquei o meu primeiro gol pelo São Paulo, que já seria inesquecível para qualquer jogador, e ainda consegui ajudar a equipe com uma assistência. Foi uma partida marcante, e que ficará guardada na minha memória para sempre com muito carinho. Agora espero que a nossa equipe jogue bem e retome a força como mandante. Espero fazer uma grande partida e colocar em prática tudo aquilo que o Bauza pede nos treinos. Precisamos de uma vitória, e não abriremos mão disso - projetou o volante, sobre o jogo deste sábado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos