Ferraz revela 'aula' de Dorival como determinante para vitória do Santos

O Santos venceu a Ferroviária por 4 a 1 na noite de quarta-feira, mas sofreu no primeiro tempo, em que a equipe de Araraquara abriu o placar. Segundo o lateral-direito santista Victor Ferraz, uma aula da comissão técnica do Peixe no intervalo da partida foi determinante para a atitude do time, que virou o jogo na segunda etapa.

- Dedico essa vitória ao Dorival e à comissão técnica. Não conseguimos marcar e eles mostraram em vídeo como a gente tinha que fazer. Tudo isso no intervalo. Ajustamos a marcação e eles (Ferroviária) pararam de jogar. Conseguimos imprimir essa intensidade graças a eles - disse o camisa 4 ao fim do jogo.

Lisonjeado com o elogio, o técnico Dorival Júnior explicou o procedimento, que envolve três membros da comissão técnica, que captam as imagens e exibem nos 15 minutos de intervalo dos jogos.

- O trabalho é importante, vem acontecendo há algum tempo. A comissão vem fazendo esse trabalho. Nos entregam tudo mastigado, alguns erros importantes, frisam alguns aspectos. Depois, tudo isso é complementado com as informações do Marcelo, do Serginho e do Lucas (auxiliares). A partir daí, tentamos diminuir a margem de erro, que foi muito grande no primeiro tempo. Não conseguimos marcar uma equipe que não joga praticamente igual ao Santos. Estávamos sendo envolvidos desde a saída de bola. E trabalhamos muito isso. Acho que adiantamos algumas situações. Melhoramos o nosso posicionamento. A nossa saída melhorou. Consequentemente passamos a jogar no campo da Ferroviária. Diminuímos as opções de saída de bola. A partir daí, a equipe teve um crescimento. Os gols saíram pela busca dos jogadores nos 45 minutos finais - concluiu.

No ano passado, o Santos tinha só um analista de desempenho e contratou mais um a pedido de Dorival.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos