'Barça não esteve no nível do Real'

O Barcelona perdeu para o Real Madrid - com um a menos devido à justa expulsão de Sergio Ramos. O revés em casa não acontecia desde o ano passado contra o Málaga. Acabou também a sequência de 39 jogos sem conhecer derrota. Isso aconteceu justamente no clássico, no dia de homenagens para Johan Cruyff. O destino, o futebol, quiseram suas três equipes (Ajax, Holanda e Barcelona) fizessem a última reverência. Infelizmente o terceiro não conseguiu uma vitória, nem sequer jogou bem. Agora o que importa de verdade, com o Espanhol controlado, é focar na Liga dos Campeões no confronto perigoso contra o Atlético de Madrid.

O Real Madrid aprendeu a lição. Zidane não quis repetir o roteiro da goleada sofrida no Bernabéu. Esperou atrás e não pressionou o Barcelona no campo de ataque. Foi uma autêntica batalha no meio de campo desde o primeiro minuto. O Barça soube tomar as rédeas da partida, mas o trio MSN estava mais desanimado do que o costume. Mesmo assim, Suárez teve uma chance incrível logo no início e perdeu. Antes, Rakitic e Iniesta também tiveram suas chances, mas Navas apareceu bem.

A partida poderia tomar outro rumo com a falta não marcada de Sergio Ramos em Messi. Seria o segundo amarelo do zagueiro, que acabaria expulso mais tarde. Na volta do Intervalo, o Barcelona parecia ter aprendido a lição. Controlou a posse de bola e conseguia desarmes quando ela estava com o adversário. Criou oportunidades. Messi obrigou Navas a grande defesa. Neymar se movimentava pelos lados e a defesa branca deixava buracos.

Em um escanteio, apareceu a figura de Piqué para abrir o placar. A festa parecia certa. Mas Zidane fez o Real Madrid se encontrar na partida. O gol de Benzema aconteceu em uma falha defensiva de Jordi Alba. O crescimento da equipe da capital acontecia com as boas atuações dos laterais Carvajal e Marcelo.

Zidane percebeu que a troca de Luis Enrique ao colocar Arda Turan na vaga de Rakitic não fez o Barcelona melhorar. E os donos da casa pagaram caro por tentarem a vitória desta maneira. Seguiram errando passes e perdendo a posse de bola. O Real fez o gol da vitória em jogada pela direita. Bale cruzou, Daniel Alves falhou e Cristiano Ronaldo finalizou entre as pernas de Bravo. Era um prêmio pela ambição dos visitantes.

* Visão de jogo do jornal catalão 'Mundo Deportivo'

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos