Diego Hypolito fica com o ouro em etapa da Copa do Mundo em Cottbus

Após passar um período em baixa em sua carreira, o ginasta Diego Hypolito ganhou bons motivos para sorrir nas últimas semanas. Depois de garantir o ouro no solo na etapa de Doha (QAT) da Copa do Mundo de ginástica artística, repetiu o feito neste sábado, ao sair de Cottbus (ALE) com uma nova láurea dourada em seu peito.

No solo, Diego superou com folga seus rivais, marcando 15,466 pontos na decisão na Alemanha. O segundo, o esloveno Rok Klavora, ficou com 14,866, seguido pelo ucraniano Oleg Verniaiev (14,833).

- Eu estou muito feliz e surpreso com a nota. Aqui o critério está bastante rigoroso e tirar uma pontuação como essa já no início do ano, com uma série que nem é minha oficial, me deixa esperançoso e satisfeito, mas o trabalho só está começando - comentou Hypolito.

Se não bastasse o bom momento na prova, o brazuca ainda garantiu uma vaga na decisão do salto, assim como Ângelo Assumpção. A final será neste domingo, às 9h10 (de Brasília).

- Estou contente por conseguir dois ouros em Copas do Mundo seguidas. Agora estarei na final do salto e acredito que será ainda mais difícil, mas vou em busca de fazer o meu melhor - fechou o ginasta.

Quem também conquistou uma medalha foi Henrique Flores. O competidor foi o segundo melhor na disputa das argolas, com uma boa nota na final, marcando 15,366 pontos, mas foi batido por pouco pelo ucraniano Igor Rapilov, que fechou com 15,500. O belga Dennis Goossens terminou na terceira colocação nessa prova, com 15,033.

Além da final do salto, neste domingo acontece a disputa decisiva nas barras paralelas, a partir das 10h10, com participação de Ângelo Assumpção.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos