Maxi López ignora ex-amigo Icardi e enfia a mão nas próprias genitais

Rivais dentro e fora de campo, os atacantes argentinos Maxi López e Icardi voltaram a se encontrar neste domingo, durante a vitória do Torino sobre a Inter de Milão por 2 a 1, de virada, no San Siro, pelo Campeonato Italiano. O nome da desavença dos compatriotas chama-se Wanda Nara, modelo argentina de 29 anos.

Na hora das saudações, antes de a bola rolar, Maxi López, do time visitante, se recusou a cumprimentar Icardi, colocando as mãos nas próprias genitais e ignorando completamente o ex-amigo.

- Infelizmente, essas coisas acontecem, isso depende da ignorância de certas pessoas. Eu dei a minha mão, eu sou educado - afirmou Icardi, que levou a pior nas quatro linhas, apesar de abrir o marcador, em cobrança de pênati.

A relação de ambos começou a ruir em 2013, quando o trio saiu de férias junto. Na época, os atacantes eram companheiros na Sampdoria. Naquele momento, Wanda acabou trocando Maxi López por Icardi, despertando a ira do ex-jogador do Grêmio e do Barcelona.

Em seguida, em janeiro do ano seguinte, para aumentar a rivalidade, Icardi, já na Inter de Milão, ainda tatuou a imagem dos três filhos do jogador do Torino com a modelo.

- Eu amo estes três pequenos anjos - escreveu Icardi na legenda da foto.

Desde então, sempre se encontram em campo, os dois se provocam.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos