Guangzhou perde e fica em situação crítica na Liga dos Campeões da Ásia; time de Mano fica no empate

O Guangzhou Evergrande está em situação crítica na Liga dos Campeões da Ásia. Atual vencedor do torneio, a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari perdeu mais uma, desta vez para o Urawa Red Diamonds, do Japão, por 1 a 0, e segue na lanterna do Grupo H, quase eliminado da competição.

O time, que teve Ricardo Goulart, Paulinho e Jackson Martínez como titulares, segue sem vencer após quatro jogos. Nesta terça-feira, perdeu fora de casa, com gol de Yuki Muto, no início da etapa final.

Ainda pelo Grupo H, o Sydney bateu o Pohang Steelers por 1 a 0, na Austrália, gol de Ninkovic.

Com o resultado, o Guangzhou tem apenas dois pontos, em quatro partidas, em último lugar. Em primeiro está o Sydney FC, com nove. O Urawa tem sete e o Pohang Steelers, quatro. Para se classificar, o time chinês precisa vencer seus dois próximos jogos e torcer para que o Urawa perca os dois que fará na competição.

TIME DE MANO EMPATA E MICHAEL JACKSON PASSA EM BRANCO

Em outro jogo da rodada da Liga dos Campeões da Ásia, o Seoul, da Coreia do Sul, recebeu o Shandong Luneng, time do técnico Mano Menezes, e ficou no empate em 0 a 0.

Pela equipe sul-coreana, o brasileiro Adriano Michael Jackson foi titular, mas não marcou desta vez. Ele é o artilheiro isolado da competição continental, com nove gols em quatro partidas. Já os chineses contaram com Diego Tardelli, Jucilei, Gil e o argentino Montillo como titulares.

O empate manteve o Seoul líder isolado, com dez pontos. Em seguido está o Shandong, com sete. Em terceiro está o Hiroshima, que bateu fora de casa o Buriram, da Tailândia, por 2 a 0. Os japoneses somam seis

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos