Klopp volta a Dortmund e Liverpool arranca empate com o Borussia

O jogo nesta quinta-feira no Signal Iduna Park era cheio de ingredientes. As torcida de Borussia Dortmund e Liverpool cantaram juntas You'll Never Walk Alone, praticamente um hino de ambas. E depois, receberam Jürgen Klopp, hoje no comando dos Reds, mas ídolo dos aurinegros. Em campo, o treinador não deixou de comemorar o gol de Origi. Porém, Hummels fez contra o seu antigo chefe e garantiu o empate em 1 a 1 pela Liga Europa, deixando tudo aberto nesta eliminatória.

O jogo começou com muita disputa por espaço, equilíbrio, e pouca efetividade na frente. Tanto que a primeira finalização foi apenas aos 14 minutos, quando Reus chutou para fora. O lance foi o suficiente para fazer o Borussia crescer no jogo. Aplicou uma pressão logo depois. O Liverpool só foi incomodar na bola parada.

Os Reds até conseguiam equilibrar no meio. Mas Lallana e Coutinho não levavam a bola para o ataque com qualidade. O Borussia era melhor. As oportunidades começaram a aparecer com mais frequência. Principalmente com Mkhitaryan e Aubameyang. Mas como quem não faz, toma...

Alberto Moreno lançou pelo alto para Milner, que escorou de cabeça. A bola foi para Origi, que teve calma e liberdade e chutou. Ainda desviou no meio do caminho e saiu da rota de Weidenfeller. O Dortmund sentiu o golpe e o Liverpool teve chances de fazer mais um logo depois. Ainda antes do intervalo, os dois times tiveram grandes oportunidades, mas não aproveitaram.

No início do segundo tempo, o Borussia foi para cima. Após jogada curta de escanteio, veio o empate. Aubameyang cruzou pelo alto, Hummels subiu mais alto do que Lallana e cabeceou firme e Mignolet não defendeu. O Liverpool respondeu pouco depois e pressionou. Em cerca de dois minutos, Weidenfeller fez pelo menos duas grandes defesas em chutes de Coutinho e Clyne. O brasileiro, aliás, enfim entrava no jogo.

Porém, o ritmo do jogo acabou diminuindo. As oportunidades reais ficaram mais raras, e os técnicos começaram a mexer nos seus times. Porém, os times cansaram e ficaram sem criatividade. Os que entraram ainda arriscaram um pouco mais, mas ficou mesmo tudo igual em Dortmund.

Ainda sonhando com o título do Campeonato Alemão, com cinco pontos a menos que o Bayern de Munique, o Borussia Dortmund faz o clássico no domingo contra o Schalke 04. Ainda distante do G4 do Campeonato Inglês, o Liverpool recebe o Stoke no mesmo dia. A volta do confronto entre Reds e aurinegros em Anfield Road será na próxima quinta-feira.

BORUSSIA DORTMUND x LIVERPOOL

Local: Signal Iduna Park, em Dortmund (ALE)

Data-hora: 07/04/2016, às 16h05 (de Brasília)

Público: 65848 presentes

Árbitro: Carlos Velasco Carballo (ESP)

Auxiliares: Roberto Alonso (ESP) e Juan Yuste (ESP)

Gols: Origi (36'/1ºT), Hummels (3'/2ºT)

Cartões amarelos: Can (LIV), Lallana (LIV), Weidenfeller (DOR), Reus (DOR), Sokratis (DOR)

Cartões vermelhos: Não houve

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller, Piszczek, Hummels, Bender (Sokratis, 31'/2ºT) e Schmelzer; Weigl, Castro, Durm (Sahin, intervalo), Mkhitaryan e Reus; Aubameyang (Pulisic, 31'/2ºT). Técnico: Thomas Tuchel

LIVERPOOL: Mignolet, Clyne, Lovren, Sakho e Moreno; Henderson (Allen, intervalo), Can, Milner, Lallana (Roberto Firmino, 32'/2ºT) e Philippe Coutinho; Origi (Sturridge, 38'/2ºT). Técnico: Jürgen Klopp

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos