Pelé confirma erro médico, mas diz estar bem e 'pronto' para Olimpíada

Edson Arantes do Nascimento apareceu para um evento na Associação Desportiva para Deficientes (ADD), onde foi homenageado nesta quinta-feira, de bengala e com certa dificuldade para caminhar. O maior jogador de futebol da história foi vítima de suposto erro médico na implantação de uma prótese no quadril, em 2012, e precisou refazer a operação numa clínica de ponta nos Estados Unidos, conforme noticiou a Folha de S.Paulo na última quarta.

Quatro meses após a cirurgia, Pelé garante estar sem dor. Ele precisou de apoio enquanto atendia os fãs, mas brincou estar saudável a ponto de querer disputar um dos postos destinados a maiores de 23 anos na Olimpíada do Rio. 

- Graças a Deus, estou andando. Mas depois da segunda cirurgia tive que fazer um reparo. Faz dois meses e meio deixei o andador. Estava até brincando que agora tem cinco meses para a Olimpíada e como pode três profissionais mais velhos, diferentemente do meu tempo, vou me preparar para pegar uma dessas três vagas - riu o ídolo.

A primeira operação, na qual houve a suposta falha, foi realizada no hospital Albert Einstein, na capital paulista. Já a cirurgia de correção ocorreu Hospital for Special Surgey, em Nova York. Quem detectou a falha e alertou sobre a necessidade de reparo foram os médicos norte-americanos. 

- Não sou especialista nisso, mas é claro que a gente sempre procura os melhores profissionais. Quando fiz a cirurgia, em 2012, parece que teve um problema. Fiz a revisão nos Estados Unidos. Segundo os médicos, houve um pequeno equívoco e por isso não conseguia passar a dor. Foi esse reparo que foi feito. Se estava certo ou não, estou bem. Tinha muita dor antes - contou. 

O hospital Albert Einstein retrucou a versão do tricampeão mundial. Em nota pulgada nesta quinta, a instituição disse ter avaliado as circunstâncias do atendimento e do procedimento e garantiu que "não encontrou nenhuma evidência de erro na conduta do médico, julgando-a adequada, dado o histórico, idade e queixa do paciente". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos