Renan é afastado da Lusa após ida ao Morumbi como torcedor do São Paulo

A Portuguesa decidiu, nesta quinta-feira, afastar o volante Renan, flagrado na última terça-feira torcendo para o São Paulo no Morumbi. A decisão foi tomada após reclamações de torcedores e rejeição dos dirigentes, que se incomodaram com a atitude do marcador, que posou para fotos e gravou vídeos para tricolores durante a goleada por 6 a 0 sobre o Trujillanos (VEN).

Renan foi o capitão da Lusa durante a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista, torneio do qual a equipe do Canindé já está eliminada. Na terça, por exemplo, o volante estava de folga e por isso decidiu ir ao Morumbi. Em entrevista ao Uol, ele admitiu que frequenta o estádio há anos com familiares e amigos, mas que nunca havia sido notado como nesta ocasião.

O LANCE! também encontrou Renan no Morumbi, durante o segundo tempo do jogo contra o Trujillanos. O volante se mostrava tenso com a partida mesmo com o placar já em 3 a 0 para o Tricolor e vibrou muito com os gols de Calleri. Houve tempo ainda para trocar ideias sobre o time com torcedores que o rodeavam e até fazer piada com o rival Corinthians.

Além de Renan, a diretoria da Portuguesa decidiu afastar mais três jogadores para a sequência da temporada: os volantes Ferdinando e Matteus e o meia Natan, vistos tomando cerveja e segurando uma bandeira do Corinthians. O quarteto ainda participaria da Série C do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil - a Lusa estreia no dia 13 de abril, contra o Parnahyba (PI), fora de casa. 

No São Paulo, Renan foi campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial de Clubes de 2005. O marcador foi revelado nas categorias de base do clube antes da existência do CFA Laudo Natel, em Cotia, e foi titular da equipe em 2004 ao lado de Alê, também formado pelo Tricolor. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos