Barcelona não libera Neymar para a Copa América, afirma jornal

De acordo com o jornal "AS", de Madri, o Barcelona enviará uma carta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), comunicando que o atacante Neymar não será liberado para a disputa da próxima Copa América Centenário, a partir de junho, nos Estados Unidos. Em contrapartida, o craque foi autorizado a defender a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto. O time canarinho busca a primeira medalha de ouro de sua história.

Dunga queria chamá-lo para as duas competições, no entanto, o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, bateu o pé e já afirmou que é impossível atender à necessidade do técnico da Seleção. Recentemente, o próprio treinador visitou o clube catalão para negociar a situação do atacante.

Mais cedo, nesta sexta-feira, o jornal "Mundo Deportivo" trouxe a versão de uma proposta de Neymar ao Barcelona. O astro jogaria a Copa América a partir das quartas de final e os Jogos Olímpicos. Desta forma, ele poderia desfrutar um mês de férias e ainda servir à equipe pentacampeã do mundo.

Os interesses extra-esportivos também contam neste imbróglio. A Globo comprou os direitos de transmissão da Copa América. A retransmissão teria um interesse nulo no Brasil sem Neymar. Seria um investimento fracassado. A Nike também ficaria "prejudicada" sem o "jogador-franquia" nos Estados Unidos, enquanto Messi estará em campo pela Argentina, com a camisa da concorrente Adidas.

Outro fato também importante no caso é a renovação de Neymar, cujo contrato expira em junho de 2018. A liberação facilitaria nas negociações para a ampliação de contrato do craque brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos