Muricy mantém formação no 4-4-2 e pede velocidade ao time do Flamengo

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

O técnico Muricy Ramalho definiu que vai utilizar dois meias no duelo contra o Boavista, neste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira. O treinador comandou uma atividade tática, na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, e manteve a formação da equipe no 4-4-2, com Alan Patrick e Mancuello na criação de jogadas. No ataque, Marcelo Cirino e Guerrero terão a missão de fazer os gols. Por outro lado, Emerson e Ederson foram barrados e ficarão no banco de reservas.

Muricy fez o time treinar persas jogadas de ataque, principalmente na ponta direita de ataque, um dos pontos fortes do Flamengo. Rodinei e Marcelo Cirino foram muito acionados e fizeram cruzamentos para Guerrero e Mancuello. Pelo o que foi visto nesta sexta, o argentino deve ter muita liberdade para atacar contra o Boavista.

O técnico do Flamengo pediu velocidae aos jogadores e insistiu para que os meias entrassem na área adversária em jogadas de linha de fundo. 

O Rubro-Negro vai a campo com Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Arão, Alan Patrick e Mancuello; Marcelo Cirino e Guerrero. 

O duelo é decisivo para o futuro do Flamengo no Campeonato Carioca. Em caso de derrota, a equipe de Muricy pode até ser eliminada da competição. Por outro lado, uma vitória aumenta as chances do Rubro-Negro entrar no grupo dos quatro primeiros colocados. Atualmente, o clube da Gávea é apenas o sexto colocado, com seis pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos