Presidenta Dilma Rousseff não irá à cerimônia de acendimento da tocha olímpica, na Grécia

Em meio à grave crise política que o Brasil vive, a presidenta da República, Dilma Rousseff, cancelou sua viagem à cidade de Olimpia, na Grécia, onde será realizada a cerimônia de acendimento da tocha olímpica.

No dia 21 de abril, a cidade grega realizará a tradicional cerimônia simbólica, que precede todos os eventos olímpicos. Em Atenas (GRE), no dia 27, a tocha será entregue aos representantes dos Jogos do Rio de Janeiro.

- Soubemos que a Sra. Rousseff viria, mas o embaixador brasileiro nos informou que ela não estará presente na cerimônia - revelou o porta voz do Comitê Olímpico Grego, Tassos Papachristou.

O motivo do cancelamento da viagem da presidenta à Grécia se deve ao processo de impeachment que tramita no Congresso Nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos