Em dia de quebra de jejuns, Flamengo vence Boavista e respira no Carioca

Depois de seis jogos, o Flamengo voltou a vencer na temporada. Na tarde deste sábado, em Volta Redonda, o Rubro-Negro passou pelo Boavista. Mancuello, Marcelo Cirino e Palolo Guerrero garantiram o triunfo por 3 a 0, que tirou a equipe da sexta colocação da Taça Guanabara, levando-a momentaneamente ao terceiro lugar. Botafogo e Volta Redonda jogam neste domingo e podem recuperar suas posições na tabela.

Exigindo mais de seus jogadores por se tratar de uma "decisão" antecipada, o técnico Muricy Ramalho optou pelo esquema 4-4-2. Assim, sobrou para Emerson Sheik, que iniciou no banco de reservas. Mas, na prática, as únicas mudanças pareciam mesmo as entradas de Alan Patrick e Mancuello. O argentino, por sinal, não atuava desde 28 de fevereiro, devido a uma lesão no joelho direito. Coube a ele ocupar o espaço de Sheik, mantendo a formação com três atacantes.

A necessidade do resultado foi refletida no gramado logo no começo. Com apenas um minuto, o goleiro Vinícius já tinha espalmado duas bolas: um cruzamento de Rodinei e um chute de Willian Arão.

A retranca do time de Saquarema era nítida. Assim, foi preciso uma jogada iniciada em bola parada para furar a defesa alviverde. Mancuello acertou o ângulo, em cobrança de falta, e abriu o placar no Raulino de Oliveira, aos 19 da etapa inicial. Onze minutos depois, Marcelo Cirino recebeu de Rodinei para chutar forte e deixar sua marca pela terceira partida consecutiva.

O dia era mesmo para tirar as zicas do caminho rubro-negro. No segundo tempo, quatro minutos após ver uma cabeçada de Luiz Alberto atingir o travessão de Paulo Victor, o Flamengo chegou ao terceiro. Vinícius tentou sair jogando e, como numa brincadeira de criança, Guerrero roubou a redonda, restando somente sair para o abraço. O peruano encerrou um jejum de cinco jogos sem balançar as redes. O arqueiro oponente precisou ser substituído na sequência.

O placar deu ainda mais tranquilidade aos comandados de Muricy Ramalho, que administraram sem problemas. Agora, eles duelam pela última vez nesta segunda fase do Estadual no domingo (17), contra o Bangu, em Macaé.

FLAMENGO 3 X 0 BOAVISTA

Data - Hora: 9/4/2016 - 16h (de Brasília)

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Público / Renda: 4648 pagantes (3086 presentes) / R$ 78.190,00

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos

Cartões amarelos: Alan Patrick (FLA); André Luiz e Luiz Alberto (BOA)

Gols: Macuello (19', 1°T), Marcelo Cirino (30', 1°T) e Paolo Guerrero (12', 2°/T)

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan (César Martins, 20'/ 2°T) e Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Mancuello (Emerson Sheik, 35'/2°T) e Alan Patrick; Marcelo Cirino (Gabriel, 28'/2°T) e Paolo Guerrero - Técnico: Muricy Ramalho

BOAVISTA: Vinícius (Milton Raphael, 15'/2°T), Léo Cunha, Anderson Luiz, Luiz Alberto e Romarinho (Caio, 7'/2°T); Douglas Pedroso, Thiago Silva e Willian Maranhão; Reinaldo (André Luiz, 7'/2°T), Matheus Paraná e Leandrão - Técnico: Rodrigo Beckham

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos