Soberano, Inter goleia o São Paulo-RS e vai às semifinais do Gauchão

O Internacional está nas semifinais do Campeonato Gaúcho e segue em busca do hexacampeonato estadual. Atuando no Beira-Rio, o Colorado foi soberano contra o São Paulo de Rio Grande, vencendo o adversário por 3 a 0, na tarde deste domingo, no jogo único das quartas de final do Gauchão. Agora, o Colorado terá o São José como rival nas semifinais. O duelo, no próximo fim de semana será na casa do Zequinha, o Passo D'Areia.

Inter e São José voltarão a se enfrentar neste Gauchão após um jogo histórico. O duelo pela primeira rodada do Estadual, disputado no Passo D'Areia, valia o título da Recopa Gaúcha e ainda marcou a despedida de então capitão colorado D'Alessandro, que foi emprestado ao River Plate. Após empate no tempo regulamentar, o Inter venceu nos pênaltis, com D'Ale erguendo a taça.

Já o eliminado São Paulo, que chegou a ser uma das sensações do Gauchão, mas chegou às quartas de final sem vencer há sete jogos - sequência que foi ampliada - ao menos deixa o Estadual com a classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro - vaga que já havia sido alcançada -, encerrando um jejum de 34 anos sem participações em torneios nacionais.

PAULÃO E AYLON FURA RETRANCA DO SÃO PAULO

A proposta do São Paulo, atuando com quatro volantes, era chamar o Internacional para o seu campo e explorar os contra-ataques para voltar a vencer no Gauchão e avançar à semifinal. Tática que quase surtiu efeito logo aos dois minutos, após tentativa de Guto Nervis. Mas o time de Rio Grande não teve sucesso em tal empreitada. O primeiro tempo foi todo do Colorado. Finalizações do Leão do Parque? Nenhuma. Já o Inter teve dez arremates contra o gol de Alisson, um mero espectador.

O Inter, por sua vez, teve mais posse de bola, volume de jogo e foi colecionando chances de gol ao envolver o São Paulo com o passar dos minutos. Aos oito, Sasha conseguiu vencer o goleiro Deivity, mas a bola foi na trave esquerda e, na sequência, Luiz Henrique desviou a finalização de Vitinho. A retranca do time de Rio Grande vinha surtindo efeito até os 39 minutos. Cruzamento de Andrigo e cabeçada indefensável do zagueiro Paulão, marcando seu terceiro gol no Gauchão.

O segundo viria com Aylon, que entrara na vaga de Paulo Cezar Magalhães, aos 43. Tabela de Anderson com Artur e cruzamento para o atacante só escorar. Ainda houve tempo para Andrigo desperdiçar ótima chance. O resultado fez justiça ao domínio colorado.

VITINHO AMPLIA PARA O COLORADO SEMIFINALISTA

O São Paulo repetiu o "script" do início do jogo na volta do intervalo: ótima chance desperdiçada. Rafael Pilões roubou a bola de Fernando Bob, avançou e finalizou em cima de Alisson. Na sobra, Thiago Corrêa não conseguiu a finalização. E o time de Rio Grande pagaria caro pela oportunidade perdida. Vitinho, após sobra da própria cobrança de falta, ampliou para o Inter, aos sete minutos. Quinto jogo seguido com gol do atacante colorado.

Sobrou vontade ao time de Rio Grande, que levaria muito perigo ao gol de Alisson em finalização de Guto Dresch, aos 19. Mas os comandados de Hélio Vieira não conseguiram transpor o goleiro colorado, que foi homenageado antes de a bola rolar pelos 100 jogos completados com o Inter - já seu irmão Muriel recebeu homenagem pelas 200 partidas à frente do Colorado. O Inter, por sua vez, seguiu melhor, envolvendo o rival, mas sem ampliar o placar. 

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 X 0 SÃO PAULO-RS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data-hora: 10/4/2016 - 16h

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Júlio César Rodrigues dos Santos (RS)

Público/Renda: 15.230 pagantes/17.803 presentes/R$ 649.785

Cartões amarelos: Fernando Bob e Paulão (INT); Romano e Guto Dresch (SPA)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Paulão, 39'/1ºT(1-0); Aylon, 43'/1ºT(2-0) e Vitinho, 7'/2ºT(3-0). 

INTERNACIONAL: Alisson; Paulo Cezar Magalhães (Aylon, 38'/1ºT), Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob (Jair, 25'/2ºT), Fabinho, Anderson e Andrigo (Gustavo Ferrareis, 37'/2ºT); Eduardo Sasha e Vitinho - Técnico: Argel Fucks.

SÃO PAULO-RS: Deivity; Mikael, Fernando Pinto, Henrique e Romano; Raulen (Vitor Faíska, 20'/2ºT), Guilherme Moller, Guto Desch, Thiago Corrêa e Athos (Anderson Oliveira, 20'/2ºT); Guto Nervis (Rafael Pilões, Intervalo) - Técnico: Hélio Vieira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos