Clássico entre Racing e Boca agita a penúltima rodada do Grupo 3

O futebol argentino promete fortes emoções nesta quarta-feira. Afinal de contas acontece em Avellaneda o encontro entre Racing e Boca Juniors pela quinta e penúltima rodada do Grupo 3 da Libertadores. Quem vencer o clássico pode, inclusive, garantir vaga antecipada nas oitavas de final da competição. No primeiro encontro empate sem gols na Bombonera.

A situação do Racing é mais simples. Além de jogar em casa, o atual líder da chave precisa apenas dele para conseguir a classificação nesta quarta-feira. Para isso basta uma simples vitória, algo que aconteceu nos dois primeiros jogos em seus domínios contra Bolívar e Deportivo Cali.

O técnico Facundo Sava tem alguns problemas para o encontro. O zagueiro Luciano Lollo e o meia Francisco Cerro estão fora. O atacante Gustavo Bou começa no banco por não estar 100%. Por outro lado, o goleiro Sebastián Saja, o atacante Carlos Núñez e o defensor Sergio Vittor, que treinaram a parte nos últimos dias, devem ir para o jogo.

Já o Boca Juniors não depende apenas de si para conseguir a classificação antecipada. Além de vencer fora de casa, torce para empate ou derrota do Bolívar, que visita nesta quinta-feira o desesperado Deportivo Cali. Para o confronto, o técnico Guillermo Barros Schelotto deve apostar na formação que venceu o Bolívar na rodada passada.

As únicas ausências no grupo que estará à disposição do treinador são o atacante Osvaldo e o meia Rodrigo Bentancur, ambos no departamento médico. Assim, o Boca deve entrar em campo com a seguinte formação: Orión; Peruzzi, Díaz, Insaurralde e Jonathan Silva; Adrían Cubas, Fernando Gago e Lodeiro; Cristián Pavón, Federico Carrizo e Tevez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos