Simeone: 'O Barcelona não vai sentir a pressão do Vicente Calderón'

O Vicente Calderón ficará lotado para receber Atlético de Madrid e Barcelona, na partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões. Apesar da grande massa colchonera no estádio, o técnico Diego Simeone garantiu, em entrevista coletiva, que os jogadores do time catalão são experientes e que não ficarão assustados com a pressão.

- É um jogo onde teremos de fazer um gol a mais que o rival. O entusiasmo em torno deste desafio é fantástico, mas não acho que os jogadores do Barcelona fiquem assustados com o ambiente que vão encontrar. Nós vamos ter de fazer o nosso jogo, responder em campo e tentar a classificação para as semifinais.

Simeone disse que terá duas preocupações para a partida diante do Barcelona. Uma delas, segundo o técnico, é encontrar o substituto de Fernando Torres, expulso no jogo de ida, vencido pelos catalães, por 2 a 1. A outra é Luis Suárez.

- Tenho de resolver a ausência de Fernando Torres e preciso controlar um jogador espetacular como Luis Suárez.

O treinador acredita que o Colchonero pode dar a volta por cima no confronto contra o Barcelona.

- Temos que nos preparar para o jogo do jeito que o consideramos ser importante e levar a partida para onde queremos, com velocidade, intensidade, com contato. O Barcelona jogará do jeito que normalmente joga - concluiu Simeone.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos