McGregor lamenta morte de atleta português: 'Perdemos um de nós'

Aos 28 anos, o lutador português João Carvalho faleceu dois dias depois de ser nocauteado pelo parceiro de treinos de Conor McGregor, Charlie Ward, em evento realizado no último sábado (9), em Dublin, na Irlanda.

Campeão dos penas do UFC, Conor McGregor demonstrou seus sentimentos a família do lutador através de uma rede social.

Confira abaixo o texto completo do irlandês sobre a morte do português João Carvalho:

Terríveis notícias a respeito de João Carvalho.

Ver um jovem fazer aquilo que ama, utar por uma oportunidade de uma vida melhor, e depois ficar sem tudo isso, é mesmo de partir o coração.

Somos apenas homens e mulheres que fazem aquilo que amam na esperança de conseguir uma vida melhor para nós e para as nossas famílias. Ninguém que esteja envolvido em esportes de combate de qualquer gênero quer ver isto. Isto é algo tão raro que nem sei como o encarar.

Eu estava junto ao cage para apoiar o meu colega de equipe (Ward), a luta estava tão equilibrada que não consigo compreender.

As minhas condolências para a família do João e para a sua equipe. Este homem era um lutador dos diabos e deixará muitas saudades.

Os esportes de combate são uma loucura, e com os incidentes recentes no boxe e agora no MMA, é um momento triste para ser lutador e um fã de lutas.

É fácil para quem está fora criticar o nosso modo de vida, mas para os milhões de pessoas em todo o mundo que melhoraram as suas vidas, a sua saúde, o seu bem-estar físico e a sua força mental através do combate, este é mesmo um comprimido difícil de engolir. Perdemos um de nós.

Espero que recordemos o João como um campeão, que perseguia o seu sonho a fazer aquilo que amava, e que lhe mostremos o respeito eterno e a admiração que ele merece.

Descanse em paz, João.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos