Reconstrução! Parma consegue acesso à Terceira Divisão na Itália

Rebaixado para a Série D do Calcio na temporada passada após decretar falência, o Parma segue sua trajetória para se reerguer. Neste domingo, a torcida teve um pouco de alegria e uma excelente notícia: o clube conseguiu acesso à Terceira Divisão ao vencer o Delta Rovigo, por 2 a 1, no Estádio Ennio Tardini.

O regulamento da Quarta Divisão prevê que o primeiro colocado de cada um dos nove grupos - o torneio é pidido conforme as regiões da Itália - tenha acesso direto. E o Parma terminou na liderança do Grupo D com 85 pontos em 35 partidas: 25 vitórias e dez empates. Foram 73 gols pró e 15 contra.

O Parma teve sua falência decretada em julho do ano passado, após terminar o Calcio na lanterna, com apenas 19 pontos. O cenário era tão tenebroso que o clube teve três presidentes, sendo que o último - Giampietro Manenti - chegou a ser preso acusado de lavagem de dinheiro.

Como acontece com as agremiações que vão à falência, o Parma teve que mudar de nome: passou de Parma Football Club para Parma Calcio 1913. E 'nasceu' devido à ajuda de empresários da cidade e do apoio de Federico Pizzarotti, prefeito local.

O atual presidente é Nevio Scala, que comandou o Parma em um dos seus momentos mais gloriosos: de 1989 a 1996. Durante o período, conquistou os títulos da Copa da Itália (1992), uma Supercopa da Itália (1994), uma Recopa da Europa (1993) e uma Copa da Uefa (1995).

O principal nome do elenco é o do zagueiro Alessandro Lucarelli, de 39 anos. O jogador, que também é capitão da equipe, negou-se a abandonar o clube após a queda para a Quarta Divisão.

Apesar de já ter garantido acesso, o Parma ainda tem mais três jogos a disputar na primeira fase da Quarta Divisão: Ravella, Bellaria Igea Marina e Sammaurese. Depois, a equipe entra na segunda etapa, que definirá o campeão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos