Rival de Puro Osso não bate o peso e estreia do brasileiro no Rizin é adiada

Ainda não será desta vez que Allan "Puro Osso" fará sua estreia no Rizin, o novo Pride. Revelação do MMA nacional, o atleta da Chute Boxe Diego Lima enfrentaria, neste domingo (17), o japonês Yuki Motoya, no Nihon Gaishi Hall, em Nagoya, no Japão, mas seu adversário teve problemas para bater o peso e o confronto foi cancelado por recomendação médica.

- Infelizmente, a minha estreia teve de ser adiada. Fico muito triste porque estava com muita vontade de lutar. Fiz uma preparação forte no Brasil, completei com bons treinos aqui no Japão e me sentia muito confiante para conseguir uma vitória - ressalta o peso-mosca.

- Segui todo o planejamento traçado com o mestre Diego Lima e nossa equipe Chute Boxe e não tive problema para bater o peso. Estava preparado e pronto para lutar", garante Puro Osso, que, na pesagem oficial, realizada na última sexta-feira, apresentou 56,5kg, 200 gramas abaixo do limite da categoria.

Mesmo lamentando o fato de não poder lutar na primeira edição do novo Pride, Allan sabe que, em breve, terá outra oportunidade para demonstrar sua técnica em solo japonês. Isso porque o presidente do Rizin FF, Nobuyuki Sakakibara, exaltou o profissionalismo do brasileiro e garantiu que ele estará presente na segunda edição do evento.

- Infelizmente, aconteceu esse imprevisto com meu adversário e, por recomendação médica, a organização precisou cancelar a luta. Fico chateado por não poder lutar, mas feliz pelo reconhecimento que tive de todos do Rizin. Eles sabem do meu potencial, elogiaram o meu esforço e o meu profissionalismo e me garantiram que estarei presente na próxima edição - revela o atleta, que não vê a hora de voltar para o Japão.

- Fui muito bem tratado por todos neste curto período que estive aqui. Organização, fãs, todos, sem exceção. Vou voltar para o Brasil e treinar forte para voltar ao Japão ainda mais preparado. O sonho de lutar aqui não acabou, foi apenas adiado - completa.

Allan "Puro Osso" possui um cartel de 17 lutas na carreira, com 14 vitórias (duas por nocaute, 11 por finalização e uma por pontos) e três derrotas (todas por pontos).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos