Atlético Nacional tropeça em casa e fica no empate com o Huracán

O Atlético Nacional, time sensação da Libertadores 2016, entrou em campo na noite desta terça-feira, no estádio Atanasio Girardot, apoiado por mais de 40 mil torcedores que queriam ver o time vencer e fazer a melhor campanha da história na fase de grupos da competição. O problema, foi que o Huracán se defendeu muito bem e conseguiu segurar o empate por 0 a 0. Com o resultado, equipe da Colômbia fez a melhor campanha da fase de grupos. Foram seis vitórias em seis jogos disputados e sem levar nenhum gol. Nas oitavas, equipes voltam se enfrentar, já que os argentinos também se classificaram com o empate.

 O JOGO

 Contando com o apoio de mais de 40 mil torcedores, o Atlético Nacional, foi para cima desde os primeiros minutos de partida para buscar logo o seu primeiro gol na partida. Aos 10, Farid Díaz recebeu ótimo passe de Torres, invadiu a área e finalizou para ótima defesa de Díaz. Com o passar dos minutos o ritmo foi diminuindo, mas o time colombiano seguia com a maior posse de bola, impedindo as investidas do Huracán.

Com o adversário muito recuado, o time da cada decidiu apostar nas finalizações de longe. Alejandro Guerra fez boa jogada, fintou a marcação e mandou uma bomba que explodiu na trave e assustou o goleiro argentino. Já no final, Macnelly Torres girou bonito e bateu no canto, obrigando Díaz a praticar boa defesa. Mesmo com a sendo superior durante toda primeira etapa, o Atlético Nacional não conseguiu fazer o seu gol e foi para o vestiário com o 0 a 0 no placar. 

Como o empate servia para a classificação, o time argentino voltou totalmente recuado para a segunda etapa de partida. Os colombianos tiveram a maior posse de bole desde o início, mas não conseguiam criar oportunidades claras de gol. A primeira chance do Atlético Nacional foi aos 23 minutos com Pérez, que finalizou com perigo, mas mandou para fora. 

Farid Díaz era o melhor jogador da equipe da casa em campo e quase foi o abriu o placar aos 26. Lateral mandou uma bomba que passou raspando à trave do goleiro Díaz, do Huracán. Com 40, Berrío cruzou para a área, a bola desviou em Mancinelli e quase surpreendeu Díaz, o goleiro do Huracán fez um milagre. O 0 a 0 permaneceu no placar do início ao fim.

As duas equipes irão se enfrentar na próxima fase, já que o Atlético Nacional fez a melhor campanha da fase de grupos com 16 pontos conquistados, enquanto o Huracán fez a pior, com apenas oito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos