Flamengo joga bem e despacha o Confiança na Copa do Brasil

Com atuações inpiduais destacadas, o Flamengo derrotou o Confiança por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, em Volta Redonda, na partida de volta da Copa do Brasil. Com isso, o time (que perdera na ida, em Aracaju,  por 1 a 0) está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil.

Todo o time rubro-negro foi bem. Mas quatro jogadores estiveram acima da média. Mancuello teve atuação excelente, fazendo o primeiro gol, chutando duas faltas com perigo (uma na trave) e finalizando com perigo em outras duas oportunidades;  Marcelo Cirino ratificou a boa fase marcando dois gols; Willian Arão se destacou nas assistências. Foi dele os passes para os três gols;  E destaque também para o estreante Fernandinho, que foi muito efetivo no primeiro tempo.    

O JOGO 

Com o Confiança muito fechado, marcando da sua intermediária com duas linhas de quatro e os dois homens de frente voltando para fechar o meio, o Flamengo teve muito maior volume. O estreante Fernandinho, flutuando bem, distribuía as jogadas.

Foram vários escanteios em sequência e os laterais criando jogadas pelos flancos, fazendo cruzamentos que William Arão e Juan cabecearam com perigo.

Mas quem fez  a diferença  foi Mancuello. Depois ter chutado da entrada da área pela esquerda uma bola que passou raspando, o argentino abriu o placar para o Rubro-Negro aos 24 minutos. Em boa trama pela esquerda, Fernandinho cruzou para a área e Arão ajeitou de cabeça para a entrada de Mancuello. O gringo  deu um toque meio sem jeito de joelho, o suficiente para tirar o goleiro Rafael Sandes da jogada e colocar a bola na rede.

Mancuello sobrava. Foi um chute seu (que o goleiro Rafael espalmou) a melhor chance que o Rubro-Negro teve antes do intervalo.

Na volta do segundo tempo, o Flamengo passou a atacar mais pela direita e mostrou maior eficácia ofensiva, entrando facilmente na área. O Confiança ficou ainda mais fechado, fazendo faltas próximas da área. E Mancuello deitou e rolou.  Cobrou falta na trave no primeiro minuto; no minuto seguinte, entrou livre e bateu em cima do goleiro. Aos sete, nova falta e a nova defesa díficil do goleiro. Estava insuportável para o campeão sergipano e, aos dez, Mancuello cobrou escanteio que Willian Arão desviou para Marcelo Cirino concluir para fazer 2 a 0.

Com o placar favorecendo o Flamengo, o Confiança - que então precisava de um gol para se classificar - tentou jogar um pouco mais adiantado, com o técnico Fahel colocando o atacante Kivel no lugar do volante Flavio, buscando municiar Tiago Orobó, até então isolado na frente.  Foi um erro, pois deu ao Flamengo a possibilidade de contra-ataques. Foi assim que o time carioca chegou ao terceiro gol aos 20 minutos. Wilian Arão recebeu antes do meio de campo e fez lançamento perfeito para Marcelo Cirino entrar desmarcado, driblar o goleiro e fazer um belo gol, fechando o placar e já começando a pensar na semifinal do Campeonato Carioca contra o Vasco, no domingo, em Manaus.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 0 CONFIANÇA

?

Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data-Hora: 20/4/2016 - 21h45

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Auxiliares: Tatiane Sacilotti e Herman Brumel (ambos Fifa-SP) 

Público/renda: ND

Cartões amarelos:  Laércio  e Leandro Kivel (CON)

Cartões vermelhos: -

Gols: Mancuello, 26'/1ºT (1-0), Marcelo Cirino, 9'/2ºT (2-0) e  20'/2ºT (3-0)  

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Arão e Mancuello (Alan Patrick, 33'/2ºT); Marcelo Cirino (Gabriel, 30'/2ºT), Fernandinho (Ederson, 39'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho

CONFIANÇA: Rafael Sandes, Lucas Rocha, Valdo, Alex Gomes e Laércio; Hamilton, Flávio (Leandro Kivel, 12'/2ºT) , Everton (João Guilherme, 22'/2ºT) e Wallace; Orobó e Danilo Bala. Técnico: Fahel Junior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos