Jogador do Strongest provoca o SP: 'Objetivo é de arrancar a cabeça'

Os jogadores do The Strongest (BOL) estão usando uma declaração do atacante Calleri como motivação para o confronto contra o São Paulo, nesta quinta-feira, em La Paz. Os bolivianos viram como provocação uma declaração do argentino dizendo que temia se encontrar com o Boca Juniors (ARG), seu ex-clube, nas oitavas de final da Libertadores. Segundo o zagueiro Luis Maldonado, Calleri desrespeitou o Strongest, pois falou como se o Tricolor já estivesse classificado.

- A verdade é que chegou até nós essa declaração de que Calleri não gostaria de se cruzar com o Boca. Bom, nós faremos tudo que for possível para que eles não se cruzem na próxima fase. Nada nos desviará do objetivo de arrancar a cabeça (dos jogadores)] do São Paulo. Eles pagarão - afirmou Maldonado, em entrevista ao jornal boliviano Página Siete.

O zagueiro argentino Diego Bejarano também criticou o compatriota. A entrevista de Calleri foi à uma rádio argentina e ele fala que seria muito desconfortável um possível encontro com o Boca. Chegou a brincar dizendo que não jogaria caso tivesse de enfrentar o ex-clube.

- Li e escutei que alguns jogadores falaram como se o São Paulo estivesse classificado e que não queriam enfrentar o Boca Juniors. Mas nós veremos amanhã. Quero vê-los aqui no Hernando Siles - afirmou Bejerano.

O Hernando Siles é o palco da partida desta quinta-feira. O São Paulo precisa apenas empatar para se classificar para as oitavas de final. No jogo de ida, no Pacaembu, os bolivianos venceram por 1 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos