Cuca minimiza polêmicas e faz piada com o amigo Dorival antes da semi

A dois dias da semifinal do Paulistão, Cuca preferiu minimizar as trocas de farpas entre jogadores de Palmeiras e Santos. Embora ressalte que não gosta desta postura e tenha mais uma vez respondido a Lucas Lima, o técnico considera que as provocações não passaram do limite.

- Eu prefiro ficar quieto no meu camto. Qualquer um de vocês, independente do time que torce, se ele tira sarro e depois vai para a Seleção, como você vai torcer por ele? É até para o Lucas (Lima) pensar para que todos torçam pela Seleção, temos de ter cuidado. Somos pessoas públicas - disse o técnico, lembrando de sua fala em resposta às risadas postadas pelo meia no Twitter após o Água Santa golear o Palmeiras, por 4 a 1.

- Mas eles se conhecem tanto, de outros carnavais (risos). Já teve polêmica com outros jogadores, de lá, daqui. Faz parte do futebol, não vai fazer diferença para ganhar ou não. O que pesa é ter equilíbrio no campo, regularidade, os acertos táticos, técnicos, inpiduais e coletivos no campo é que fazem a diferença. Jogar contra o Santos na Vila é muito difícil, todos sabem - acrescentou.

Se entre os atletas o clima é de provocação por conta das duas decisões disputadas em 2015, entre os técnicos a relação é bem diferente. Cuca e Dorival Júnior jogaram juntos no Juventude e no Palmeiras. Durante sua entrevista, o comandante do Verdão elogiou o trabalho do amigo e fez piadas com ele, primeiro ao responder se não gostava de jogos com torcida única como o comandante do Santos.

- É mentira (do Dorival), de que não gosta de torcida única, é bom para ele (risos). Se ele não gosta, como eu vou gostar? (risos) - comentou o palmeirense, antes de se recusar a contar uma história vivida com o agora adversário.

- Tenho (histórias boas), mas não vou falar (risos). Se não ele vai ficar mais motivado ainda. É meu amigo, irmão, gosto dele, como gosto do meu irmão. Muito gente boa, temos grandes histórias juntos, algumas no Palmeiras, outras mais no Juventude. Um dia eu conto, mas antes do clássico, não (risos) - completou Cuca, logo antes de deixar a sala de imprensa.

Santos e Palmeiras definem qual será o finalista do Campeonato Paulista no domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro. O jogo será de torcida única. No ano passado, as duas equipes decidiram o título estadual, vencido pelo Peixe, nos pênaltis. No fim do ano, o Verdão se vingou na final da Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos