Cormier afirma que Jones não o bateria no ritmo como lutou com OSP

Ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Jon Jones conquistou o cinturão interino da categoria ao derrotar Ovince St. Preux na decisão unânime dos juízes, no último sábado (23), em Las Vegas (EUA).

O campeão linear, Daniel Cormier teve que deixar a luta contra Bones por conta de uma lesão e não teve a oportunidade de tentar vingar a única derrota de sua carreira.

Em entrevista à "Fox Sports 1", DC garantiu que se Jones tivesse lutado contra ele no ritmo apresentado contra OSP, teria se dado mal.

- Ele fez o trabalho dele. Muitas vezes, a maioria dos caras que não consegue ter suas melhores performances perdem. Isso mostra o quanto Jones é especial. Fiquei muito triste por não ter competido nesta noite, porque eu acredito que se ele se apresentasse na forma que se apresentou no UFC 197 contra mim, ou se esse é o novo Jon Jones, não tem como esse cara me bater - disse Cormier.

Com a saída de Conor McGregor do card do UFC 200, que acontece em 9 de julho, em Las Vegas (EUA), existe a possibilidade de que a revanche entre Jones e Cormier seja o evento principal da noite, mas nada foi confirmado oficialmente pelo Ultimate.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos