Cruz não nega possível superluta com Johnson, mas foca em 'fila' nos galos

A apresentação arrasadora de Demetrious Johnson contra Henry Cejudo na co-luta principal do UFC 197, no último dia 23 de abril, em Las Vegas (EUA), gerou uma pergunta para o futuro do campeão dos moscas: quem pode pará-lo? E por conta disso o nome de Dominick Cruz foi especulado na internet para uma possível superluta entre campeões.

Durante participação no programa The MMA Hour, o atual campeão dos galos do Ultimate, que já bateu Johnson em 2011, quando se enfrentaram na categoria até 61kg, se mostrou aberto a encarar o campeão dos moscas em uma possível superluta no octógono. 

- Tenho caras nessa pisão (dos galos) que estão na fila. Se olhar direito, tenho muitos caras para enfrentar. Tenho muitos caras batendo à minha porta e grandes desafios pela frente. Mas a vida não é justa. As pessoas querem ver superlutas e gostam dessa ideia. E é isso o que as pessoas querem. Não estou contrário a isso. A questão é que tenho muitos caras na fila, não escolho minhas lutas, é uma combinação do que os fãs gostaria de ver com a negociação com a organização - avaliou o americano.

Dominick Cruz volta ao octógono no dia 4 de junho, em Los Angeles (EUA), pelo UFC 199, para completar a trilogia contra Urijah Faber.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos