Maicon nega que tenha sido omisso após eliminação do Grêmio

Capitão do Grêmio, o volante Maicon deixou a Arena no último domingo sem falar com a imprensa após a eliminação do Grêmio na semifinal do Campeonato Gaúcho. Já nesta segunda, em entrevista coletiva, ele garantiu não ter fugido de sua responsabilidade.

- Dar a cara, eu dou sempre. Independentemente de ganhar ou perder. Se eu já fui questionado nas vitórias, e o time não foi bem, imagina com eliminação. Eu sou o capitão, já falei 200 outras vezes e fui perguntado por que a equipe não foi bem - destacou o capitão, antes de reclamar das críticas feitas pela imprensa após vitórias do Grêmio contra Brasil de Pelotas e Toluca:

- Queria escutar uma equipe que estava há 13 jogos sem perder, sem ser o Vasco, que está na Série B. Às vezes, se está de cabeça quente, e optei por não falar. Não é birra nem por fugir das responsabilidades.

Maicon ainda falou sobre a pressão vivida pelo Grêmio. Já são 15 anos sem títulos nacionais na elite. Já o Gauchão não é conquistado desde 2010 pelo Tricolor.

- É complicado por se tratar de um clube gigante como o Grêmio. A gente não pode carregar o peso de 15 anos se chegamos agora. O objetivo é ser campeão. Temos um grupo muito forte. Todos têm o mesmo pensamento. Não tem vaidade, mas, por estar esse tempo todo sem ganhar, acaba tendo uma pressão muito grande

- destacou.

O Grêmio terá a chance de reagir após a eliminação no Gauchão na próxima quarta, diante do Rosario Central, pelo jogo da ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos