Tite cumpre palavra e Timão volta a treinar pênaltis após eliminação

Tite cumpriu a palavra dada na primeira entrevista após a eliminação no Campeonato Paulista e reforçou o treinamento de cobranças de pênalti do Corinthians no CT Joaquim Grava. Nesta segunda-feira, por cerca de meia hora, os titulares participaram de um trabalho longe da observação da imprensa, que foi "convidada" a não acompanhar a atividade específica.

O Corinthians realizou nove cobranças de pênalti ao longo da temporada, sendo três nas semifinais do Paulistão contra o Osasco Audax. Do total, apenas três resultaram em gols, sendo duas das seis durante a fase de grupos e uma das três cobradas no mata-mata. Entre os que erraram estão Lucca, Romero, Luciano, Fagner e Rodriguinho (duas vezes). Acertaram Giovanni Augusto, Lucca e André. O último, camisa 9 do Timão na temporada, não sabe a razão de tantas falhas do Timão nos pênaltis.

- Pênalti é complicado falar. Falta de treino não é, campo está até ruim de tanto que batemos e tentamos aprimorar. Às vezes é um pouco de falta de sorte, parte psicológica, tem gente que prefere nem bater. Temos que esquecer essa questão, porque estamos treinando e tentando acertar, e se tiver outra decisão tenho certeza que vamos sair classificados - disse André, autor de cinco gols no clube.

O Corinthians não definiu um cobrador oficial de pênaltis para o ano, tanto que teve sete batedores diferentes. André se ofereceu à função.

- Não sei se vou virar batedor oficial, mas gosto de bater. Se tiver oportunidade vou bater de novo, porque gosto. Contra a Ponte Preta eu quis, mas o Tite optou por outros com mais tempo de casa. Mas se tiver de novo vou bater porque gosto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos