Jornais ingleses comemoram decisão sobre tragédia de Hillsborough

Dias depois de a tragédia de Hillsborough completar 27 anos, a Justiça inglesa, enfim, deu o veredito final. Após o inquérito original culpar os torcedores do Liverpool pela morte de 96 fãs do time - além de quase 800 feridos -, um novo júri montado apontou para as entidades como as verdadeiras responsáveis pelo triste episódio. Os jornais locais repercutiram de forma intensa.

O "The Sun" foi contundente em sua chamada principal. A publicação mostrou-se firme com o novo resultado: 'O grande erro da Justiça': 96 torcedores do Liverpool foram mortos ilegalmente em 1989 no desastre de Hillsborough. O jornal fez questão de ressaltar que os fãs do time da terra dos Beatles não foram culpados pela tragédia. As famílias dos mortos declararam que, enfim, a Justiça havia sido feita, com muitos cantando o lema da equipe no Anfield Road: 'You will never Walk Alone (Você nunca andará sozinho).

Outro tradicional periódico inglês, o "The Guardian" seguiu na mesma linha, relatando que os torcedores foram mortos ilegalmente, e que a culpa era das autoridades policiais e dos serviços de emergência. Ele ainda falou sobre a família dos 96 mortos, que lutaram para provar inocência dos fãs do clube inglês, que eram apontados como culpados pelo incidente. Eles ficaram aliviados com a decisão.

THE SUN HAVIA SE DESCULPADO EM 2012

O jornal "The Sun" desculpou-se ao povo inglês em 2012 pela sua capa da época da tragédia de Hillsborough, que acusava os torcedores do Liverpool pelos incidentes. Para piorar, a publicação ainda colocava ações que alguns fãs teriam praticado durante o desastre.

Para se retratar, o periódico colocou as duas capas juntas. Em 1989, a título era 'A verdade', com as informações da época da tragédia. Em 2012, quando um relatório de um Painel independente sobre o trágico incidente foi pulgado, a manchete foi outra: 'A real verdade'.

Em sua capa, o "The Sun" disse que 'alguns torcedores roubaram os mortos' e que 'alguns torcedores urinaram nos bravos policiais'.

Na retratação, as notícias verdadeiras: 'Policiais manchavam torcedores do Liverpool para desviar a culpa', '41 vidas poderiam ter sido salvas, dizem novas provas' e 'Famílias de 96 Vítimas pedem processos'. Além disso, o pedido oficial de desculpas: 'Nós estamos profundamente tristes pelas falsas reportagens'.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos