O Raio-X dos titulares do Nacional para jogo com o Corinthians

O jornal uruguaio "El Observador", parceiro do Pool do LANCE!, fez uma análise  de cada um dos jogadores titulares que enfrentarão o Corinthians, nesta quarta-feira, na partida de ida pelas quartas de final da Libertadores. Veja abaixo: 

Conde

A torcida tinha muita resistência ao goleiro no fim de 2015. Mas ele deu a volta por cima e agora é indiscutível como o camisa 1. Além de toda a solidez, foi peça-chave na saída de bola da equipe, pois trabalha muito bem com os pés.

Fucile

Assim como Victorino, se recuperou de uma série de lesões e com isso começou a recuperar a relevância internacional e acabou com as dúvidas na lateral, já que Cavanna, Romero e Gorga se revezaram na posição.

Victorino

Voltou ao clube após longa inatividade. No início, começou no banco para Erik Cabaco. Porém, o partidaço que fez contra o Palmeiras devolveu ao veterano a titularidade e uma nova convocação para a seleção do Uruguai.

Polenta

O capitão e o símbolo da equipe. Força física é uma de suas virtudes. Uma contratura o deixou de fora contra o Palmeiras (jogou Eguren), mas está de volta totalmente recuperado.

Espino

O gol da vitória sobre o Fenix (1 a 0) na rodada passada foi a recompensa para este lateral que não tem medo de lançar-se ao ataque.

Romero

É o jogador das partidas importantes. Tem muito caráter, boa finalização e gols (marcou cinco na temporada). Também rende como lateral. Fez falta na derrota para o Rosario.

Porras

A caxumba tirou o volante da equipe em algumas oportunidades e o juvenil Javier Carballo (que também entra na vaga de Romero) não decepcionou. Um grande marcador e ainda é bom finalizador.

Barcia

A impressionante velocidade é a chave do seu jogo, tanto para atacar como para ajudar seus companheiros na defesa. Entretanto, nesta temporada, parece ter perdido a sua capacidade goleadora.

Sebá Fernández

Quatro partidas fora por causa de caxumba. Fez falta, pois é um dos goleadores da equipe e se movimenta muito bem, num revezamento constante co Nico López. É o atacante da equipe que melhor cai pelas pontas.

Nico López

O craque do time e o seu goleador, ainda que nas últimas partidas tenha atuado longe do gol e perdido contundência. Mas é o melhor de todos.

Ramírez

Quando defendeu no Wanderers, este garoto de 19 anos era o comandante do ataque e o artilheiro. No Nacional,. desde que assumiu uma vaga no time, passou a jogar mais aberto pelo setor esquerdo e os gols rarearam. Apenas dois em 12 jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos