Promotoria de Barcelona denuncia Adriano por fraude fiscal

O lateral-esquerdo Adriano foi denunciado nesta terça-feira pela Promotoria de Barcelona por fraude fiscal. Segundo o Ministério Fiscal da Espanha, o brasileiro teria fraudado 700 mil euros (R$ 2,7 milhões) da Fazenda Espanhola entre 2011 e 2012. Conforme informou o "El Pais", o jogador ocultou os seus direitos de imagem em uma empresa sediada na Ilha da Madeira, em Portugal.

Segundo o jornal, Adriano teria passado seus direitos de imagem para a empresa por 2 milhões (R$ 7,9 milhões) quando trocou o Sevilla pelo Barcelona em 2010. Por isso, acabou sonegando impostos nos dois primeiros anos atuando pelo clube catalão.

A acusação apresentou uma queixa contra Adriano e apontou fatos ao juiz responsável pelo caso, e não uma reclamação. Caso fizesse esta última opção, o lateral poderia ter problemas ainda mais sérios.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos