CIRCUITO MUNDIAL: Cinco times brasileiros largam invictos no torneio masculino em Fortaleza

O Brasil largou com muitas vitórias e cinco equipes invictas no Open de Fortaleza, realizado na Praia do Futuro, na capital cearense. Álvaro Filho/Vitor Felipe, Guto/Saymon, Jô/George, Luciano/Márcio Araújo e Oscar/André Stein venceram os dois jogos que disputaram nesta quarta-feira. A entrada na arena é franca e os jogos da quadra central são transmitidos pelo site da Confederação Brasileira de Voleibol.

Apesar de terem tropeçado, Thiago e Harley, Ricardo/Allison Francioni e Pedro Solberg/Evandro seguem com grandes chances de avançarem à próxima fase. O torneio segue nesta quinta-feira com a última rodada da fase de grupos e a repescagem do torneio masculino, além do início da fase de grupos do torneio feminino.

Disputando sua última temporada, Márcio Araújo comemorou as vitórias e a oportunidade de jogar próximo da família. O medalhista olímpico e campeão mundial joga pela última vez "em casa".

- Nos dois jogos eu estava me divertindo, sem muita pressão, mas tentando fazer um bom show para a multidão. Se esta é a última vez, então vamos aproveitar. Jogando em casa, com a minha família assistindo, representando o estado do Ceará e o Brasil, é maravilhoso.

Márcio e Luciano conseguiram terminar o dia em primeiro no grupo ao superarem os canadenses Pedlow/O'Gorman por 2 sets a 1 (21/14, 17/21, 15/8), em 47 minutos, e os venezuelanos Fañe/Henriquez por 2 sets a 0 (21/18, 21/19), em 37 minutos. Eles encaram os já eliminados israelenses Ohana/Sanderovich nesta quinta.

Álvaro Filho e Vitor Felipe também largaram com dois triunfos. Primeiro contra os suíços Métral/Zandbergen, por 2 sets a 0 (21/17, 21/15), em 37 minutos. Na sequência, pelo mesmo placar, mas com parciais de 21/15, 21/16 contra os austríacos Eglseer/Müllner, em 34 minutos. Eles encaram os austríacos Kunert/Dressler amanhã, em jogo que vale a liderança do grupo E.

- O vento está complicando em alguns momentos, mas estamos traçando os nossos objetivos e está dando certo, estamos controlando bem a bola. A levantada está um pouco mais baixa e está funcionando. Já jogamos uma vez com este time da Áustria e o outro que está no nosso grupo eu não conhecia. Mas hoje o nível dos times no mundo todo está bastante alto e equilibrado - analisou o paraibano medalhista pan-americano.

Quem também seguiu na primeira posição ao final do dia foi Oscar/André Stein (RJ/ES). Eles venceram os argentinos Azaad/Bianchi por 2 sets a 0 (21/14, 21/16), em 33 minutos, e os alemães Erdmann/Matysik pelo mesmo resultado, com parciais de 21/16, 21/18, em 34 minutos. Os brasileiros voltam à quadra contra os franceses Thiercy/Di Giantommaso.

- Tivemos uma boa experiência na semana passada, com um quarto lugar na nossa turnê nacional. É sempre difícil jogar contra o vento, mas estamos a trabalhar bem, muito perto um do outro. Estamos servindo bem e com um bem-formado sistema defensivo e eu acho que jogar no Brasil é uma experiência incrível, nos motiva e nos faz feliz - disse Oscar Brandão.

- Nós apenas tocar na turnê nacional há poucos dias, por isso estamos no ritmo da competição, jogando bem e familiarizados com o vento. Além disso, temos vindo a jogar recentemente etapas do World Tour, e também estamos familiarizados com esse tipo de jogo mais físico. Nós sabemos o quão importante é terminar no primeiro lugar do grupo para ir direto para a fase 2. Nós estavam testando os tribunais durante a nossa turnê nacional, fizemos bons jogos e sabemos como mover para evitar o vento - completou André Stein.

Jô e George seguiram o embalo da prata conquistada no tour nacional. Duas vitórias e primeiro lugar no grupo C. O triunfo na estreia foi contra os mexicanos campeões pan-americanos Virgen e Ontiveros: 2 a 0, com parciais de 21/15, 21/17, em 37 minutos. Em seguida, vitória por 2 a 0 (21/16, 21/12) sobre os noruegueses Horrem/Eithun, em 33 minutos. O jogo de despedida na chave será ante os alemães David e Bennet Poniewaz, já eliminados.

Guto e Saymon, vice-campeões brasileiros, tiveram uma partida muito equilibrada e outra mais tranquila no grupo G. Eles venceram os suíços Kissling e Krattige por 2 sets a 1 (21/15, 12/21, 15/8), em 40 minutos. Depois, superaram os austríacos Hupfer/Hörl por 2 sets a 0 (21/8, 21/15), em apenas 27 minutos. Encerram a primeira fase contra os primos chilenos Marco e Esteban Grimalt em partida nesta quinta.

No grupo B, Thiago e Harley começaram com tropeço contra os norte-americanos Gibb/Paterson, sendo superados por 2 sets a 0 (21/18, 21/17), em 37 minutos. Horas depois, em uma partida emocionante e marcada por uma curiosa comemoração de Harley, que incluiu "cambalhota" na areia, venceram os noruegueses Hordvik/Usken por 2 sets a 1 (19/21, 23/21, 20/22), em 1h01. Eles enfrentam nesta quinta os gregos Kotsilianos/Zoupanis.

Ricardo e Allison Francioni tiveram uma vitória e uma derrota no dia. Foram surpreendidos pelos israelenses Faiga/Hilman por 2 sets a 0 (21/14, 21/15) no primeiro jogo, em 35 minutos, mas deram a volta por cima contra os suíços Heidrich/Kissling, com triunfo de virada: 17/21, 21/14, 15/10, em 48 minutos. A dupla brasileira encara os canadenses Binstock/Schachter nesta quinta, em disputa pelo grupo D.

A parada na capital cearense encerra uma série de eventos do Circuito Mundial realizados no Brasil. Maceió, em fevereiro, e Vitória, em março, sediaram etapas Open. O Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos, recebeu um Grand Slam também em março. O torneio em Fortaleza também será da categoria Open, que vale menos pontos que um Grand Slam.

Os campeões da etapa de Fortaleza recebem 500 pontos no ranking geral e uma premiação de 11 mil dólares. Ao todo, são 150 mil dólares em premiação nos dois naipes. Após a parada na capital cearense o Circuito Mundial segue para a Europa, onde será realizado o Open de Sochi, na Rússia, de 3 a 8 de maio. Outros oito eventos ocorrem até a disputa dos Jogos Olímpicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos