Edgar não descarta ir em busca do terceiro cinturão caso bata Aldo

Ex-campeão dos leves, Frankie Edgar quer se juntar a BJ Penn e Randy Couture, únicos atletas do UFC a conquistarem cinturões em categorias diferentes. Mas para isso terá uma pedreira pela frente, o brasileiro José Aldo, em luta que acontece em 9 de julho, em Las Vegas (EUA), válida pelo título interino dos penas.

Edgar acredita que o cinturão interino é apenas um detalhe em sua caminhada, já que em sua visão o atual campeão dos penas, Conor McGregor não retornará ao peso onde Aldo se consagrou.

Em entrevista coletiva, realizada na última quarta-feira (27), em Nova York, o americano embalado por cinco vitórias consecutivas confia no melhor momento vivido para devolver a derrota que José Aldo lhe impôs em 2013.

- Na minha última luta com o Aldo tudo era diferente. Agora estou no meu melhor momento e com certeza irei tomar aquele título dele. O campeão de duas divisões irá aparecer no dia 9 de julho e o nome dele não será Conor McGregor. Minha ideia é não deixar a luta parar na mão dos juízes, como fiz em três das últimas quatro lutas que fiz, é assim que pretendo derrotar o Aldo - disse Edgar, que não descarta ir em busca de três cinturões na organização.

- Sinto que o McGregor nunca mais lutará no peso-pena. Então, talvez essa seja uma disputa de cinturão linear e não interino. Quero ter certeza de que conquistarei o cinturão dos penas antes. Será difícil conseguir descer para os galos e conquistar três cinturões, mas quem sabe? Vamos ver. Acho que o McGregor não quer lutar comigo. Não sei se ele está com medo de mim, mas talvez esteja com medo do resultado - encerrou.

Frankie Edgar não luta desde dezembro de 2015, quando nocauteou Chad Mendes em pouco mais de dois minutos de combate, em evento realizado em Las Vegas (EUA).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos