Futebol espanhol pode atingir marca inédita nas competições europeias

As semifinais dos dois principais torneios de clubes na Europa começaram favoráveis para os clubes espanhóis. Os quatro clubes ainda vivos, dois na Liga dos Campeões, e outros dois na Liga Europa, foram bem na ida e conseguiram boas vantagens. Caso todos consigam ir para as finais, será a primeira vez na história que apenas um país será representado nas decisões das competições.

Já aconteceu algo próximo disso há pouco tempo. Em 2013/14, também tinha quatro semifinalistas espanhóis nas duas competições. Porém, Sevilla e Valencia acabaram se cruzando, os andaluzes venceram, encontraram o Benfica na final e levaram o tri da Liga Europa.

Na Liga dos Campeões, Real Madrid e Atlético de Madrid fizeram a decisão. Curiosamente, o Barcelona estava fora daquela temporada, e agora está outra vez já eliminado.

Os dois rivais da capital espanhola, aliás, foram bem nas idas das semifinais da Liga dos Campeões, e podem repetir da decisão, que foi vencida pelos Merengues na prorrogação. O Colchonero recebeu o Bayern de Munique nesta quarta-feira, e conseguiram uma boa vitória em casa, com um golaço de Saúl Ñíguez.

Já o Real Madrid empatou em 0 a 0 com o Manchester City na Inglaterra na terça-feira, e uma vitória simples na semana que vem em casa deixa o time de Cristiano Ronaldo na final.

Já na Liga Europa, outros dois bons resultados. O Sevilla, maior campeão da história do torneio, contando a sua fase antiga, quando se chamava Copa Uefa, visitou o Shakhtar Donetsk e arrancou um empate em 2 a 2. Um 0 a 0 na semana que vem em casa já é o suficiente para uma nova final. O Villarreal recebeu o poderoso Liverpool e venceu por 1 a 0, gol de Adrián aos 46 minutos do segundo tempo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos