Bauza repete estratégia de La Paz, tira Ganso, mas pode ter duas baixas

O São Paulo terá modificações para encarar o Toluca (MEX), no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O técnico Edgardo Bauza pensava em escalar Wesley na vaga de Paulo Henrique Ganso e repetir a estratégia do empate com o The Strongest (BOL) há duas semanas, mas problemas médicos podem atrapalhar o treinador.

O volante Hudson deixou o treino desta segunda-feira em Acapulco, no México, com dores musculares na coxa esquerda. Após a atividade no hotel em que o clube está hospedado, informou o GloboEsporte.com, o camisa 25 tratou o problema com gelo e ainda tem chances de jogar. Se estiver bem, formará trio com Thiago Mendes e Wesley, como em La Paz.

- Temos 90 minutos muito difíceis contra um time que vai pressionar muito no começo. Falta um jogo e os jogadores sabem disso. Temos de fazer uma partida inteligente. Toluca tomará a iniciativa como tomamos no Morumbi. E Wesley é uma opção muito boa dento do que preciso para a partida. Ainda não ganhamos a classificação - avisou o treinador argentino, em coletiva.

A outra dúvida de Patón está na defesa. O titular e xodó da torcida Maicon tem febre alta devido a um quadro de amigdalite e dificilmente estará recuperado para o confronto no estádio Genésio Díez, às 19h15 desta quarta-feira, na cidade de Toluca. Bauza testou Lucão ao lado de Rodrigo Caio e ainda tem Lyanco como opção no banco de reservas.

Nesta terça, a delegação do São Paulo deixa o resort em Acapulco e parte para Toluca, para se adaptar à altitude de 2.700 metros. A tendência é que Bauza escale o Tricolor com Denis, Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Mena; Kelvin, Thiago Mendes, Hudson (PH Ganso), Wesley e Michel Bastos; Calleri.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos