Dorival absolve meia do Santos por chances perdidas: 'Confio nele'

Certamente o torcedor santista lamentou duas chances perdidas pelo meia Vitor Bueno diante do Audax, em Osasco. Ainda no primeiro tempo, o camisa 18 deixou de abrir o placar ao receber livre, dentro da área, e preferir driblar. Além de perder um rebote de uma falta batida por Ricardo Oliveira.

Mesmo assim, nenhum desses dois lances ou mesmo a atuação abaixo da média no primeiro duelo da final vão tirar do meia a titularidade do Peixe.

- Não tenho dúvidas (sobre ser titular). Ele vai oscilar, é mais do que normal. Está fazendo sexto ou sétimo jogo seguido como titular. Confio nele e ele vai ser decisivo no momento oportuno - disse o técnico Dorival Júnior após a final.

O jovem de 21 anos é titular do Santos há sete jogos. Sua maior atuação de destaque foi nas quartas de final do Paulistão, diante do São Bento, em que anotou os dois gols da classificação para a semifinal.

Ele foi quem mais teve chances como titular desde que o Peixe perdeu Geuvânio e Marquinhos Gabriel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos