Gunnar: 'Acho que McGregor não quer mais corte de peso dos penas'

Conor McGregor ainda não definiu seu futuro no Ultimate. Depois de ser retirado da luta principal do UFC 200, que acontece dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA), devido a um desentendimento com os dirigentes da organização, o irlandês flerta entre defender o título dos penas (até 65,8kg) contra José Aldo ou Frankie Edgar e fazer a revanche com Nate DIaz nos meio-médios (até 77,1kg).

Companheiro de treinos de Conor, Gunnar Nelson deu um sinal de que o futuro do astro pode ser abandonar o cinturão dos penas e focar na revanche com Diaz, ou quem sabe remarcar um duelo pelo título dos leves.

- É uma decisão dele, o que ele quer fazer. Acho que o peso-pena é... Sei que ele pode descer e defender o título, sem problemas. Mas acho que ele não quer aquele corte de peso de novo. É algo muito pesado, e eu concordo com ele. Entendi isso. Então eu acho que talvez prefira vê-lo nos leves antes de subir para os meio-médios. Mas, sabe, ele pode fazer o que achar melhor - explicou Nelson, em entrevista ao programa The MMA Hour.

Gunnar Nelson volta ao octógono neste sábado, contra Albert Tumenov, pelo UFC Holanda. Ele busca se recuperar da derrota sofrida para Demian Maia, em dezembro do ano passado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos